#casórioamaralfernandes: detalhes feitos à mão

Uma das coisas que sempre tive certeza é de que iria querer fazer coisas para decorar meu casamento, eu mesma. Não tô falando decorar tudo porque sei que não daria conta (e nem tenho talento pra isso), mas uma coisinha ou outra, sabe? E foi isso que fiz, além de pedir ajuda à minha mãe com a parte de crochê porque eu não sei fazer. Hahaha.

A primeira coisa que comecei a fazer é bem óbvia: a papelaria. Gostei tanto que virou até negócio, mas vou fazer um post só sobre ela depois. Nesse post quero falar um pouco sobre as coisas literalmente feitas e finalizadas com as mãos. ;)

Livrinho de colorir, lembrancinha para as crianças. Foto: Amanda Francelino

A gente queria uma decoração aconchegante e colorida e, pelas andanças pelo Pinterest, vi uns vasinhos feitos com pote de palmito coberto por crochê e gamei. Achei lindo, dava para brincar bastante com as cores… fui logo perguntando se Dona Bete topava fazer alguns e o resultado foi muito melhor do que a gente esperava. Os vasos fizeram MUITO sucesso no casamento e quem ficou até o final da festa acabou levando alguns de presente.

Tínhamos 4 cores de crochê: amarelo, azul, rosa e cru. Foto: Amanda Francelino

Eu sabia que não queria jogar meu buquê de verdade, mas também não queria fazer um buquê com flores naturais porque acho legal ser algo mais durável. Pra resolver isso, de novo o jeito foi recorrer à minha mãe. Ela fez um buquê de corações de crochê para eu jogar e mais quatro para minhas sobrinhas (que foram daminhas) usarem na cerimônia. Ficaram super fofinhos, as meninas adoraram e brincam com eles até hoje.

Esse era o buquê maior, que joguei. Os buquês das daminhas tinham 3 corações cada. Foto: Amanda Francelino

Sempre falei aqui que bordo ponto cruz, mas queria fazer alguns quadrinhos com frases e esse tipo de bordado não daria o resultado que eu queria. Resolvi aprender novos pontos de bordados e, assim, fiz quadrinhos para enfeitas a mesa de doces e outros para dar de presente aos pais e padrinhos. Também me empolguei e bordei os nomes das amigas que costurei na barra do meu vestido.

Esse quadro bordei para pais, padrinhos e pra gente (usei ele na decoração da festa e agora ele enfeita nossa sala). Foto: Amanda Francelino
Foto: Amanda Francelino
Tecido com nome de uma das amigas bordado. Depois do casamento, retirei da barra, lavei e dei para elas. Foto: Amanda Francelino

Já que estava com a mão na massa com os bordados, resolvi bordar lembrancinhas também. Fiz pequenos broches de mdf com um coração em ponto cruz e, para entregar, os pendurei em marca-páginas. Ficou bonitinho e já vi convidado usando em mochila por aí. :)

Foto: Amanda Francelino

Sempre quis usar os bonequinhos que fiz para pedir o Henrique em casamento como topo de bolo, então só deixei eles um pouquinho mais temáticos costurando um voilette e uma gravatinha neles. Acho que, de tudo, isso foi o mais fácil, em 10 minutinhos estava prontos. Hahah. X)

Foto: Amanda Francelino

Como vocês podem ver, não fizemos nada demais, mas fiquei super orgulhosa do resultado final. Ficou do jeitinho que eu queria. <3

#casórioamaralfernandes: o vestido

Quase 7 meses depois, vamos começar a falar de casamento por aqui? Vamos sim porque eu quero entrar nesse blog daqui uns anos e ver meu casamento por aqui. HAHAHAHAH X)

Resolvi começar falando do vestido porque ele foi um dos pontos mais “críticos” pra mim durante todo o processo. Minha ideia inicial era gastar até R$ 1.500,00 nele e aí adivinha? Nas lojas que visitei, de compra e de aluguel, tudo o que eu gostava estava mais do que R$ 5.000. Sou bem mão de vaca e nunca tive aquele sonho todo em ter um vestido de noiva perfeito, sabe? Achei que não valeria a pena investir tanto assim em um vestido para algumas horas, então parti procurar o meu em sites gringos. Cheguei até a fazer um post aqui, lembra?

Fiquei na maior dúvida porque cheguei a me apaixonar por um vestido da Pó de Arroz, mas não encontrei dele para vender no Enjoei e eu realmente não queria gastar o que ele custa novinho na loja. É lindo (continua sendo um dos meus vestidos de noiva favoritos, aliás), mas não era pra mim. Aí depois de procurar alguns dias pelo AliExpress, encontrei o meu. Simples, singelo, branco (eu queria offwhite, mas só faziam em branco, então branco foi), com um preço bem ok e em uma loja cheia de bons reviews. Resolvi arriscar, encomendei e foi tudo super rápido: em 15 dias eles já haviam confeccionado o vestido e enviaram. Aí veio meu problema: bem nessa época a Receita Federal brasileira entrou em greve e meu vestido ficou 2 meses parado. Eu sabia que teria que fazer ajustes e ainda tinha a questão de talvez o vestido não ser tão legal pessoalmente quanto eu havia visto nas fotos, foi meu maior momento de apreensão durante os preparativos pro casamento. Só que o Deus das Noivas nunca falha e ta-da: na semana do Natal meu vestido foi liberado! \o/

Meu vestido, já ajustado e prontinho para eu vestir. Foto: Amanda Francelino

Fui taxada, mas ainda assim o valor do vestido compensava: a compra ficou em R$ 683,22 (já com o IOF) e a taxa em R$ 214,67, totalizando R$ 887,89. Alto? Eu acho. Mais barato do que o que eu havia visto por aqui? Também e, por isso, achei que valeu a pena.

Entre a compra e a chegada do vestido eu engordei 5kgs. Estava passando por um momento de muito trabalho e descontei na comida, aí quando experimentei o vestido pela primeira vez ele quase não fechou! Hahaha. Momentos de tensão!

AMO vestido com fecho de pérolas, era basicamente uma das únicas coisas que meu vestido TINHA QUE TER. Foto: Amanda Francelino

Sinceramente? O vestido não fez meus olhos brilharem, quando experimentei pela primeira vez não curti o caimento mas, como falei, eu não tinha aquele grande sonho de ter um vestido de noiva maravilhoso, nunca tinha imaginado muito como ele seria, então o meu cumpriu bem o seu papel. Levei ele para uma costureira, ela ajustou, fez a faixa que eu queria para a cintura e ele ficou perfeito em mim. Confortável, valorizou o que eu queria que fosse valorizado e curti muito o resultado final. :)

Prontinha! Foto: Amanda Francelino

A loja em que comprei o vestido fechou. Uma pena, porque eu realmente indicaria eles. De qualquer moda, este é o link do vestido. Os ajustes foram feitos na Ellegancy Costuras. O voilette foi a Mari Peres quem fez e cabelo e maquiagem foi a fada Paula Vidal.

Só achei foto com o Henrique para mostrar o vestido inteirinho. X) Foto: Amanda Francelino

101 coisas em 1001 dias #4

Ha! Em junho acabou o prazo para eu cumprir a boa e velha lista de 101 coisas para fazer em 1001 dias e lá vou eu fazer mais uma! Quem disse que aguento ficar sem uma lista de metas, né? Claro que tem coisa que já esteve nas outras listas porque é aquilo: eu quero, não realizo, mas também não desisto. :p

A última lista teve pouco mais da metade concluída e acho que fui até que bem. Dessa vez a meta é chegar a pelo menos umas 70 coisas realizadas. Será que consigo?

Início: 28 de Julho de 2017
Término: 23 de Abril de 2020
Status: Itens realizados: 05
………..Itens em andamento: 15

………..Itens cancelados: 0
………..Itens não cumpridos: 0

Pessoal (objetivos, tarefas, compras, etc)
01 – Fazer aulas de direção.
02 – Dirigir acompanhada (não vale o professor).
03 – Dirigir sozinha no carro.
04 – Correr a São Silvestre.
05 – Doar sangue 02 vezes. [00/02]
06 – Fazer curso de crochê ou corte e costura.
07 – Fechar um pacote de drenagem linfática e/ou massagem modeladora.
08 – Engravidar.
09 – Voltar à casa dos 60 kgs.
10 – Completar mais 02 Meias Maratonas. [01/02] – Buenos Aires 2017
11 – Bordar 20 peças, não importa para quem ou o quê. [03/20]
12 – Fazer calendário de presente de Natal para a família e amigos. [2017 – 2018 – 2019]
13 – Fazer mais uma tatuagem.
14 – Diagramar e imprimir o álbum do casamento.
15 – Agradecer a presença dos convidados do casamento e enviar fotos para eles. – setembro/2017
16 – Postar sobre o casamento aqui no blog.
17 – Atualizar meu nome no plano de saúde.
18 – Me dar um anel de ouro.
19 – Comprar um notebook.
20 – Refazer lentes dos óculos de grau antigos. [00/04]
21 – Comprar fones de ouvido para usar no computador.
22 – Fazer uma limpeza nas minhas canetas (estojo e escritório) e jogar fora todas que não funcionam. – novembro/2017
23 – Terminar série de posts dos 52 objetos.
24 – Fazer novamente um Project 365.
25 – Começar a tomar kefir.
26 – Ir ao dentista todo ano. [2017 – 2018 – 2019]
27 – Ficar 6 meses sem tomar refrigerante.
28 – Ficar 3 meses sem comprar absolutamente nada para mim.
29 – Fazer uma limpeza nas bijuterias e doar o que não uso mais.
30 – Fazer uma limpeza nos sapatos e doar os que não uso mais.
31 – Fazer uma limpeza nas roupas e doar o que não uso mais.
32 – Mudar a cor do meu cabelo.
33 – Presentear mãe, sogra e irmãos com presentes feitos à mão por mim.
34 – Fazer um passeio diferente com meus pais.
35 – Manter uma agenda de papel organizada. [2017 – 2018 – 2019]
36 – Completar um mês fazendo prancha todos os dias.
37 – Comprar um case que realmente proteja o celular. – setembro/2017
38 – Levar as sobrinhas ao cinema.
39 – Comprar o Funko da Gina Weasley.
40 – Chamar família e amigos para alguma comemoração no salão do prédio.

Profissional
41 – Fazer o site da Lindices.
42 – Criar layout novo para o Acordei Disposta.
43 – Criar layout novo para esse blog.
44 – Manter meu portfolio atualizado.
45 – Organizar o estoque da Lindices.
46 – Criar papelaria da Lindices.
47 – Chegar a 10k inscritos no canal do Acordei Disposta.
48 – Fazer curso de lettering.
49 – Gravar 10 colabs para o canal do Acordei Disposta.
50 – Fazer um curso de produção gráfica.
51 – Trocar o microfone do Acordei Disposta.
52 – Comprar iluminação para os vídeos do Acordei Disposta.
53 – Comprar uma máquina Silhouette.
54 – Participar com a Lindices de algum evento para noivos.
55 – Lançar a linha de artes prontas da Lindices.

Cultura, viagens e diversão
56 – Tirar visto americano.
57 – Voltar a Buenos Aires. – setembro/2017
58 – Voltar à Suíça.
59 – Voltar a Dublin.
60 – Renovar o passaporte.
61 – 02 viagens só com o Henrique. [01/02] – Lua de Mel
62 – Conhecer 03 cidades que eu ainda não conheça. [01/03] – Montevidéu
63 – Conhecer 02 países que eu ainda não conheça. [01/02] – Uruguai
64 – Viajar 05 vezes para a praia. [00/05]
65 – Viajar 02 vezes para o interior/campo. [00/02]
66 – Ir à Aparecida do Norte.
67 – Terminar o álbum de fotos da viagem de 2014.
68 – Fazer o álbum da Lua de Mel.
69 – Terminar o diário de viagem sobre a viagem de dezembro/2015.
70 – Preencher o diário de viagem sobre a Lua de Mel.
71 – Arrumar e guardar as medalhas de corridas.
72 – Ir à 2 shows. [01/02] – Megadeth – 31/10/2017
73 – Ir ao cinema 15 vezes. [06/15] – Dunkirk | O Filme da Minha Vida | Bingo | Feito na América | A Lei é Para Todos | Kingsman: O Círculo Dourado | Blade Runner 2049
74 – Assistir à 50 filmes inéditos para mim. [15/50] – Dunkirk | Fome de Poder | O Filme da Minha Vida | Bingo | Minions | Cegonhas | Frozen | Feito na América | A Lei é Para Todos | Kingsman: O Círculo Dourado | Blade Runner 2049 | Universidade Monstros | A Babá | Alexandre e o dia Terrível, Horrível, Espantoso e Horroroso | Sully – O Herói do Rio Hudson
75 – Ler 50 livros. [02/50] – Cash | Eu Sobrevivi ao Holocausto
76 – Ler 10 livros em inglês. [00/10]
77 – Manter Skoob organizado.
78 – Ir ao teatro.
79 – Ir a 20 novos restaurantes. [11/20] – Las Cabras | Cosi Mi Piace | El Club de la Milanesa | Brandon | Hoy te Quiero | Bodega Bouza | La Perdiz | Bardot | We Love Burger | La Confeitaria | Zensei Sushi |
80 – Ir à 03 museus. [00/03]
81 – Conhecer 15 bandas ou artistas novos. [01/15] – Dua Lipa
82 – Fazer 03 aulas ou esportes novos. [00/03]
83 – Aprender a cozinhar 10 novos pratos, doces ou salgados. [00/10]
84 – Assistir a 05 séries inéditas para mim. [01/05] – Mindhunter

Casa
85 – Comprar casa ou apartamento.
86 – Montar um escritório organizado em casa.
87 – Plantar hortelã e manjericão.
88 – Colocar cortina no quarto.
89 – Fazer o quadro com as sardinhas de Lisboa.
90 – Fazer o quadro com as Moranguinhos antigas.
91 – Fazer o quadro com o presente de casamento do Gui nos deu.
92 – Juntar todas as moedas encontradas pela casa no cofrinho e comprar alguma coisa legal para a casa com esse dinheiro no final do ano.
93 – Comprar jogo de chá para completar o aparelho de jantar.
94 – Imprimir fotos novas para os porta-retratos.
95 – Fazer uma limpeza no armário de copos e doar os que não tem mais conjunto ou não usamos mais.
96 – Arrumar meu antigo escritório, doando ou vendendo todos os livros e dvds que estão guardados lá.
97 – Pedir para minha mãe fazer mais tapetes para o quarto.
98 – Comprar mais um jogo de tapetes para a cozinha.
99 – Fazer ou comprar uma guirlanda bonita para colocar na porta no Natal.
100 – Trocar o capacho da entrada social.
101 – Arrumar os bonequinhos do Metallica que estão quebrados e voltar a colocá-los de enfeite.

Sobre o Projeto: O projeto entrou no ar no dia 18 de dezembro de 2005, inspirado em uma versão em inglês. Quem trouxe a ideia para o Brasil foi a Patricia Muller.
A missão: Completar 101 metas previamente estabelecidas no período de 1001 dias.
Critérios: As tarefas precisam ser específicas, realistas, mensuráveis e exigir algum esforço, mesmo que pequeno.
Minhas listas anteriores: #1, #2 e #3