diversão

Um livro para colorir: Jardim Secreto | Johanna Basford

Semana passada uma amiga me avisou que tinha encontrado um livro que era minha cara e que por isso não queria esperar até junho para me dar de aniversário. Quando ela me entregou vi que era um livro que eu já tinha espiado na livraria e gostado, mas não tinha prestado tanta atenção.

jardimsecreto01O Jardim Secreto é um livro para colorir, preencher, desenhar e brincar de encontrar insetos, bichos e objetos escondidos nas ilustrações. É para passar um tempo só se preocupando com as cores escolhidas, com os detalhes que você quer destacar, olhando bem cada desenho…. é um livro para mandar o estresse embora.

Adoro livros de colorir desde criança (tenho um outro MARA que ganhei da Lec há uns anos e tenho que mostrar aqui qualquer dia) e pirei nesse. As ilustrações são lindas, dá pra ficar um bom tempo só reparando nelas. Tudo tão detalhado e delicado, tantas possibilidades de combinação de cores… me empolguei pra caramba, na primeira noite com o livro já tinha bolhas nos dedos. Hahaha.

A primeira página que comecei a pintar. :)
A primeira página que comecei a pintar, ainda não terminada. :)

jardimsecreto03 jardimsecreto04 jardimsecreto05

Não sei vocês, mas eu me empolgo com essa onda de livros para preencher/pintar/escrever. Tenho outros três aqui em casa, vou preenchendo bem aos poucos e vario um pouco entre eles. Vocês gostam? Querem que eu mostre algum desses outros que tenho aqui?

Preço: R$26,90 no Submarino e R$29,90 na Livraria Cultura

Clica aí, colega! #2

Falei que não sabia se ia conseguir escolher links toda semana, mas nessa deu. Tem bastante coisa legal. :)

links-semana-2a

– A Gabi foi conhecer uma loja onde todos os produtos (e outras coisinhas) são feitos de feltro! Achei a ideia uma graça!

– Sou fã do blog do Ique e o post sobre sonhos (e amor) merece ser lido. E vale uma reflexão sobre o assunto, hein!

– Todo mundo é viciado em alguma série de TV. Eu sou, e não são poucas. Por isso mesmo achei genial a ideia desse bar temático na R. Augusta. Tô até pensando em largar a preguiça que tenho da região e ir conhecer.

– Quando eu era criança minha mãe tinha uma revista com modelos de bichinhos de crochê e eu sempre quis um. Ultimamente tenho visto vários para vender e babei nesse post da Zupi, que fala sobre a febre dos Amigurumi.

– Em tempos de #stopthebeautymadness, achei o “What’s Underneath” muito interessante. Nessa matéria da Gloss você fica sabendo um pouco mais.

links-semana-2b

– A Simone foi conferir a exposição “Made by… Feito por brasileiros”, que está rolando na Cidade Matarazzo e me deixou morrendo de vontade de ir.

– Sempre falo que Curtindo a vida adoidado é meu filme favorito desde criança e não resisti a deixar o link para essas fotos aqui. Mia toda suja! <3

– Falei essa semana sobre o Facebook da prefeitura de Curitiba e achei ótimo esse post da Bia sobre a linha turística da cidade. Usei o serviço quando fui para lá em 2008 e é realmente bem legal.

Esse texto da Fê Neute faz pensar: será que você realmente está feliz com a sua vida ou não está sabendo como vivê-la? Será que suas férias estão te enganando e você poderia ser tão feliz quanto é nelas enquanto leva a mesma vida de sempre?

– Adoro o filme Empire Records e gostei muito desse texto, com várias curiosidades de como o filme foi feito (desde o roteiro, até o lançamento nos cinemas e locadoras). Também é legal para saber que a molecada, pelo menos nos Estados Unidos, tá mesmo revivendo os anos 90 e virando fã das coisas da década.

O dia em que assisti à um musical

Praticamente nunca vou ao teatro. Eu gosto, mas é aquela coisa: sempre é minha última opção. Provavelmente só me falta o costume pra ir mais. Daí que quando fui convidada a assistir O Despertar da Primavera, me animei. Eu já tinha lido há um tempo atrás um post da Dafne, quando essa ainda estava em sua temporada carioca e tinha ficado super curiosa. Convoquei o namorado e lá fomos nós na sext-feira santa assistir ao musical.

O Despertar da Primavera é um musical escrito em 1891, por Frank Wedekind, que fala sobre adolescentes daquela época e como eles lidavam com a pressão familiar e a sexualidade. Sempre fui doida para assistir um musical e fiquei de boca aberta pela produção toda: música ao vivo, atores cantando perfeitamente, coreografias ótimas. As músicas são bem legais, grudam na cabeça. Nesse vídeo dá pra ver passagens de boa parte das músicas:

[youtube:http://www.youtube.com/watch?v=srhYPqq4nhw&autoplay=1 500 405]

No elenco praticamente todos os atores são jovens e só há dois “adultos”: Debora Olivieri e Eduardo Semerjian. Entre todos os jovens atores, eu destaco o que faz o papel de Melchior (um dos protagonistas). Pierri Baitelli tem o maior jeitão de galã e eu não ficaria surpresa de vê-lo com um papel de destaque alguma novela (ele já fez um papel naquela série Cinquentinha, mas nada muito grande) ou na capa da Capricho. Talentoso e bem bonitinho, viu? X)

Foto do ensaio que Pierri fez para a Vogue RG. Boniteeenho.

A peça está em cartaz de sexta à domingo, no Teatro Sérgio Cardoso aqui em SP.Dá pra ter mais informações no blog e no twitter da peça.

No vídeo abaixo o Pierri Bartelli (sempre ele?) mostra um pouco mais da peça para o Vídeo Show, tem cenas da peça.. fiquei até querendo assistir de novo. hehehe

[youtube:http://www.youtube.com/watch?v=W4AsSS6YErk&autoplay=1 500 405]

E olha que legal: 10 leitores do Futricô vão ganhar um par de ingressos pra assistir à sessão desta sexta (dia 16/04/2010) às 21h30. Se interessou? É só falar aí nos comentários porquê você quer assistir à peça até dia 1404 (quarta-feira). Na quinta escolho as 10 melhores respostas.

Quero só ver, hein? Criatividade, povo! :D

Este é um post publicitário.