compras

Fazendo californianas em casa

Acho que desde outubro do ano passado eu vinha falando sobre fazer um ombré hair colorido nos meus cabelos. Cheguei a ir em salão ver quanto ficaria, mas achei o preço absurdo demais (o cara queria me cobrar R$700! Chorei!). Acabei sossegando a periquita e deixei o cabelo ao natural, como já estava há uns 6 ou 7 anos. Até que, na semana passada, a vontade bateu de novo e lembrei desse kit que a L’oréal lançou há alguns anos  Olhei uns vídeos de pessoas fazendo no Youtube, me empolguei e corri comprar um. Já comprei também a tinta verde/turquesa para passar quando o cabelo estivesse descolorido e resolvi pintar os cabelos em casa mesmo, sozinha.

OLHA A VERGONHA: tinha lido esse post da Tati no dia 10, onde ela explica que fez exatamente a mesma coisa, aí esqueci/apaguei da memória e 10 dias depois, quando lembrei do kit da L’oréal, achei que tinha sido do nada. QUE VERGONHAAA! Desculpa, Tati! :O

O kit Imédia Excellence Carlifornianas da l'oréal e a tinta Keraton Hard Colors na cor Deisel Green.
O kit Imédia Excellence Carlifornianas da l’oréal e a tinta Keraton Hard Colors na cor Deisel Green.

Já tive o cabelo de tudo quanto é cor (preto, vermelho, rosa, violeta e provavelmente alguma outra cor que não estou lembrando) e sempre pintei em casa, com a ajuda da minha mãe. Então uma coisa eu já sabia: não ia ficar tão absurdo assim fazendo em casa. Hahaha. Então resolvi arriscar. Se ficasse muito ruim, cortava o cabelo e pronto. ;)

imedia-excellence-loreal-californianas2

A grande sacada do kit de californianas é a escova. É nela que você passa o creme clareador (depois de misturado com o creme revelador e o pó descolorante) e penteia os cabelos a partir do ponto onde quer que o cabelo mais claro comece. Aí vai colocando mais creme, passando em alturas diferentes e dando um enfoque maior para as pontas. Rapidinho, fácil e bem tranquilo de fazer sozinha.

Deixando o descolorante fazer efeito.
Deixando o descolorante fazer efeito.

Eu já tinha outras experiências em descolorir meu cabelo e sabia que ele não é dos mais fáceis de perder a cor. Como também sou alérgica à descolorante, fiquei com medo de usar algum muito potente. Como eu queria passar a cor fantasia por cima, o ideal seria descolorir até ficar em um tom de loiro bem claro, mas não quis fazer isso sozinha em casa, de uma vez só. Sendo assim, usei o descolorante que veio no kit mesmo achando que ele seria um pouco fraco para meu cabelo. E não deu outra: ao tirar o descolorante pela primeira vez percebi que estava bem natural e bonito, mas só funcionaria caso eu não quisesse usar outra cor por cima. Então usei o que restou do descolorante e passei novamente, para clarear mais. O resultado foi um tom bem mais claro do que na primeira descolorida, mas ainda muito escuro para que a cor fantasia pegasse direito. E eu sabia muito bem disso antes de passar a tinta, viu?

imedia-excellence-loreal-californianas6

Também sabia que a tinta fantasia escolhida não era a ideal. Eu precisaria de alguma tinta mais forte e não só um tonalizante, mas na perfumaria onde fui não havia nenhuma das importadas que eu conhecia, então peguei essa nacional mesmo.

Resolvi passar o tonalizante por cima dos cabelos não tão loiros porque não queria descolorir uma terceira vez no mesmo dia. Também achei que ficaria um tom verde escuro discreto, então arrisquei. O resultado foi um verde beeeem verde e não com o tom mais azulado, como eu queria. Mesmo assim, não achei ruim. Não ficou aquela coisa terrível tipo aimeudeusprecisocorrerprosalão. Hoje, três dias depois, a cor já desbotou bastante e o cabelo está voltando para o castanho claro avermelhado que ficou após descolorir. A ideia é deixar todo o verde sair e, depois, pensar se descoloro mais e pinto com outra cor fantasia ou se mantenho as californianas normais mesmo. Além disso, o cabelo está precisando ser cortado, então quero fazer isso antes de resolver. ;)

O resultado: pontas verde-escuro na frente....
O resultado: pontas verde-escuro na frente….
imedia-excellence-loreal-californianas5
… e degradê castanho/avermelhado/verde atrás.

Também já passei a hidratar o cabelo com óleo de coco (é ótimo!!) e tasquei bepantol líquido no condicionador de todo dia, pra reparar bem o cabelo ressecado. ;)

Clica aí, colega! #21

Já falei que gosto muito do Jesse Eisenberg? Sempre que sai um filme novo dele, fico querendo assistir. Aí vi esse post do Brainstorm9, sobre como os fãs terem reclamado da tradução do nome do novo filme dele funcionou (a Paris Filmes alterou!), assisti o trailer e tô aqui doida pra ver logo American Ultra. Parece ser bem engraçado.

links-semana-21a

– Depois de 1 ano e meio na vida de freelancer, posso dizer: se você tem vontade de trabalhar em home office, FAÇA! Aqui no Follow the colours tem dicas ótimas de como fazer isso.
– Não tenho cachorro e, exatamente por isso, evito dar minha opinião sobre a alimentação do cachorro alheio, mas concordo muito com esse post do Hypeness: se devemos comer comida natural, por que nosso pet só se alimenta de comida industrializada? Já tive dois cachorros e, para os dois, a ração era só um petisco, algo que comiam quando estava com fome no meio da tarde e não tinha mais nada pronto. Minha mãe cozinhava arroz e carne para eles sempre, dava frutas e alguns legumes. Um viveu 18 anos e o outro, completa 18 anos esse ano. Claro que um cachorro de 18 anos já tem alguns problemas de saúde, mas os dois viveram, pelo menos, 16 anos super bem.
– A Amanda tem um dos meus blogs favoritos (acompanho há muitos anos e soooofro quando ela fica muito tempo sem escrever) e fez um texto bem legal sobre aquela sensação que todo mundo tem ao olhar a vida do coleguinha nas redes sociais, de que todo mundo tem uma vida mais legal do que a nossa. Será que é assim mesmo?
– Qual a importância de uma banda na vida de um fã? Esse cara que, 15 anos depois, enviou um cheque ressarcindo sua banda favorita por ter vendido cópias piratas do disco deles, mostra que tem muita importância. A notícia é do Tenho Mais Discos que Amigos.
– Acompanho o projeto #100lovesongs, da Renata, pelo Instagram e adorei ver a explicação dela para como e porque o projeto foi iniciado. Acho lindas as artes dela!

links-semana-21b

Sutiã sempre foi um problema pra mim e demorei anos até descobrir o tamanho do meu! Esse guia da Ju Romano está ótimo.
Vestidos de casamento + Disney = um ensaio fooooofo, com as modelos com a maior cara de princesas. Achei uma graça esse ensaio, postado pela Lia.
– O inverno está no fim (por aqui, parece que já é verão. QUE HORROOOOOR!), mas visitar Campos do Jordão não precisa ser só nessa estação, né? A Nana foi para lá e deu dicas de passeios diferentes, vários que eu nunca fiz. Fiquei querendo voltar à cidade para conhecer o Museu Felícia Leiner.
Belo Horizonte sempre esteve na minha lista de cidades-desejo aqui no país e, depois de ler esse post da Rê Biscoito, preciso ir pra lá o quanto antes. Quem sabe não me animo com alguma promoção de passagens, né?
– Outro lugar que eu sempre quis conhecer é o Rio Grande do Sul. Amo o sotaque, toda foto que vejo das cidades me encanta.. e esse post da Julia lá no E aí, beleza? me fez babar. O que são essas ruínas em São Miguel das Missões? :O

Eu usei: Lip Smacker Coca-Cola

lipsmacker-coca-cola

Tenho sempre perto do computador um hidratante labial, um hidratante de mãos e aquela cerinha nutritiva de unhas e cutículas da Granado. Semana passada até falei sobre essa minha mania lá no Instagram do Corre Mulherada!. A cerinha é sempre da mesma marca, mas o hidratante labial eu vou variando. Hoje resolvi falar sobre um dos meus favoritos, que já usei muuuuuito e trouxe logo um estoque de viagem porque nunca encontrei por aqui.

Os lip smackers da Coca-Cola são bem conhecidos fora do país e vendidos em lojas de departamento e farmácias. Eu conheci porque ganhei da minha irmã um kit com três há alguns anos. Comecei a usar porque o cheiro e o gosto são mesmo bem gostosos (lembram muito o sabor dos refrigerantes mesmo) e gostei. Hidrata na medida, fica bastante tempo na boca e dura pra caramba. Passo o meu umas três ou quatro vezes por dia e, desde julho do ano passado, ainda não acabei nem com o primeiro dos que eu trouxe. Só no inverno, quando minha boca resseca um tantão a mais, acho que não hidrata tanto assim. Aí passo mais vezes ao dia e fica tudo certo.

Uma das coisas mais legais é que você consegue encontrar kits de presente, em embalagens bonitinhas e com uma variedade grande de sabores. Eu trouxe essa latinha aí de cima pra mim, com os sabores Coca-Cola, Vanilla Coke (meu favorito! Tô guardando pra usar depois, por dó de acabar), Cherry Coke, Sprite, Fanta laranja e Fanta morango. Já tive também o de Fanta uva e é bem gostosinho.

Quando viajei, trouxe algumas outras latas de presente para as amigas. Na embalagem delas, um pouco menor, vinham três hidratantes dentro de uma latinha menor. A parte boa é que elas gostaram, teve uma que perdeu um dos hidratantes e veio me contar toda triste. Hehehe.

lipsmacker-coca-cola2
Estou usando o de Cherry Coke há pouco mais de um ano e só agora ele está chegando ao fim! :O

Aqui no Brasil você só consegue encontrar o produto em sites que revendem produtos importados ou no Mercado Livre, com preços unitários de R$ 9 a R$18. Comprando pelo ebay, o preço é mais ou menos esse também. Achei bem caro, porque a minha referência é o que paguei na minha latinha com seis unidades: uns CHF 10, o que, na época, dava uns R$ 25.

Se você está indo para os Estados Unidos ou para a Europa vale a pena procurar por lá. Na Amazon dá para encontrar algumas embalagens promocionais ou de presente. Vale a pena trazer de lembrança de viagem, geralmente todo mundo gosta. :)