revistas

366 Nuncas: #120 a #126

Gordinha, sem poder andar dá nisso: praticamente todos os nuncas da semana foram de comida. Hahahah

#120 – 29/04/2012

Dia mais feliz! Minha irmã veio à trabalho ao país e trouxe presentes: um colar lindo e essas duas Elles. A Elle inglesa eu já conhecia, mas a alemã nunca tinha “lido”.

.

#121 – 30/04/2012

Resolvi inovar e pedir o cachorro-quente do Habibs, que eu nunca tinha comido e até então nem sabia que existia. Quando chegou, a surpresa: é um enroladinho de salsicha! Sorte que esse é meu salgado favorito, nem fiquei triste.

.

#122 – 01/05/2012

Rebecca se esbaldou nessa semana em que passou por aqui. Agora que ela está com 10 meses pode brincar com o andador que era da Bia (e que agora que ela é mocinha e já anda sozinha nem usa mais).Nunca tinha visto Rebecca andandinho, coisa maaaaais fofa! <3

.

#123 – 02/05/2012

Passei o dia super ruim da gripe, nem fui trabalhar. Pelo menos melhorei bastante e à noite deu até para ir ao japonês jantar. Gosto desse restaurante porque eles tem sushi com goiabada (ok, os chatonildos tradicionalistas podem achar um crime isso, mas eu AMO!) e aí pirei quando provei esse que nunca tinha visto: salmão, arroz, cream cheese, goiabada e morango. Afe! Que abuso! Praticamente só comi dele. Hahaha.

.

#124 – 03/05/2012

Como ainda não estou boa para andar muito, tenho almoçado coisas de delivery todo santo dia. Fiz meu pedido de sempre no The Fifties e recebi um sorvete por engano. Como só vi depois que o motoboy já tinha ido embora, fiquei com ele. Nunca tinha tomado sorvete de lá e esse veio caprichado, com chocolate e lascas de amêndoas. Delícia!

.

#125 – 04/05/2012

As opções de delivery foram acabando e resolvi testar uma que a gente tinha o papel aqui na agência há muito tempo e nunca experimentava. Pedi comida na Uai in Box e gostei. A cara não é muito boa (vem TUDO misturado ao arroz, meio cara de gororoba), mas o gosto é bem delícia. Aprovado!

.

#126 – 05/05/2012

Odeio praticamente qualquer tarefa doméstica mas AMO passar roupa. Adoro, acho gostoso e tudo. O problema é que como tenho que ficar com o pé pra cima, não rola passar enquanto não estiver boa de vez. O Henrique tentou passar, mas ele não gosta. O jeito foi encontrar uma folga na agenda da minha faxineira e contratá-la para passar roupa o dia todo. Nunca tinha pago ninguém para passar minhas roupas, gostei. Pareceu mágica. Hahah.

366 Nuncas: #085 a #091

#085 – 25/03/2012

Surpresa boa de domingo: show do Camera Obscura no MultishowHD. Adoro a banda, mas nunca tinha visto uma apresentação ao vivo. Adorei e fiquei querendo assistir de pertinho.

.

#086 – 26/03/2012

Ainda tava em lua de mel com meus óculos novos e ele quebrou SOZINHO, do nada. Nunca tinha visto óculos estourarem assim e fiquei bem triste. Guardei as lentes e quando encontrar alguma armação parecida volto a usar. :(

.

#087 – 27/03/2012

Nunca tinha assistido à um documentário sobre o Raul Seixas e saí apaixonada. Até rendeu post.

.

#088 – 28/03/2012

Todo dia meus colegas de trabalho param em alguma cafeteria para tomar um cafézinho depois do almoço e eu tava namorando esse bolo de cenoura há semanas. Resolvi experimentar e me frustrei: nunca tinha comido um bolo de cenoura tão sem gosto de cenoura. Poxa.

.

#089 – 29/03/2012

ODEIO alfaca e não consigo gostar muito de saladas em geral. A parte boa: adoro folhas refogadas. Resolvi aprender a fazer acelga refogada e deu certo: pra quem nunca tinha feito antes, ficou bem boa.

.

#090 – 30/03/2012

Tava bem curiosa com a chegada da Glamour e resolvi comprar logo quem chegou às bancas. Ainda não tive tempo de ler a revista, mas dei uma boa olhada e gostei. Nunca tinha lido nem a versão americana da revista, então não tenho muito parâmetro de comparação entre elas. E sim, tem muito anúncio, mas isso vem de fora, né? Todas as revistas gringas tem anúncio pra caramba.

.

#091 – 31/03/2012

Não sei porque, mas nunca tinha pensado em dar o celular com a câmera ligada virada pra Bia e dar pra ela segurar enquanto anda. Fiz muito isso no sábado e o resultado ficou mega divertido. Biazinha tá grande, mais magra e a coisa mais fofa. <3

E a Michelle Williams de Marylin, hein?

Nunca prestei muita atenção à moça não, o máximo que lembro é da época de revoltadinha-moderninha em Dawson’s Creek e que ela é mãe da filha do Heath Ledger. Aí ela vem e dá esse tapa na capa da sociedade fazendo a Marylin na capa da Vogue. Olha, tô de cara. Linda!

Claro que o ensaio tinha que se da Annie Leibovitz, de quem sou fã. Tá tudo perfeito: modelo, roupa, maquiagem, luz… fora que a semelhança entre a diva e a Michelle é gritante. Não foi à toa que escalaram ela pro papel da loirona mais famosa de Hollywood em My Week with Marilyn (aposto que vem daí toda a pose perfeita de Marilyn que ela tem nas fotos. Lembra muito as originais). Tô doida pra assistir!