harry potter

52 objetos: #10

52objetos-celularb

O quê: Celular (iPhone 5S)
Por quê: É o objeto que mais uso, o dia todo
Onde está: Ao lado do teclado, enquanto digito isso
De onde veio: Da loja da Claro

Acho um tanto triste dizer isso, mas sou do time dos que não sabem viver sem seu celular. Odeio falar ao telefone, mas passo o dia ligada em mensagens de texto, e-mails, Instagram… fora que quando estou esperando alguma coisa, sempre acabo jogando para me distrair. Hahaha. Dia em que saio e esqueço ele em casa fico meio perdida.

Tive um iPhone 4 que durou cinco anos e estava pedindo arrego. Aí, agora que lançaram o iPhone 6, consegui uma boa promoção na minha operadora e comprei um 5S. Tá lindo, tá ótimo e é muito mais rápido que o 4 antigo. Espero que dure, pelo menos, uns 80% do tempo que o antigo durou.

Uso essa foto do Rupert Grint como tela há alguns anos, já tentei trocar e não consigo, acabo sentindo falta e volto com ela. Coloquei porque uma vez um amigo me disse que a tela de desbloqueio do celular dele tinha que ser algo que o fizesse sorrir porque quando fosse destravá-lo, sempre era uma alegria. Segui essa ideia e escolhi essa foto, que AMO. Adoro essa carinha que o Rupert fez, TÃO RONY! <3

Colocaria na caixa porque no celular tem tudo: meus contatos, lista do que quero comprar/fazer, minhas corridas, um monte de fotos… acho que é o objeto que mais diz sobre mim até agora. É muita informação em um negócio tão pequeno. ;)

O que é o projeto 52 objetos?
Em muitos anos no futuro alguém encontra uma caixa cheia de coisas que você possuiu e tenta descobrir que tipo de pessoa você era. Talvez essa caixa tenha fotografias, livros, documentos pessoais, roupas, talheres, bilhetes de shows ou até um pacote de chiclete. O que esses objetos diriam sobre você? Eles mostrariam um retrato fiel da sua vida? Qual história eles diriam?

A ideia original veio daqui e essa tradução da explicação é da Ana Paula. Você pode ver todos os outros objetos que escolhi aqui.

52 objetos: #6

52objetos-hedwiges

O quê: Edwiges de pelúcia
Por quê: Representa todo meu amor pela série Harry Potter
Onde está: Na estante de livros, na minha sala
De onde veio: Ganhei da minha irmã quando ela foi para Londres pela primeira vez, há uns 15 anos

Já devo ter contado aqui que comecei a ler Harry Potter quando tinha uns 14 anos, depois que minha irmã comprou o primeiro livro. Eu, minha irmã e meu pai ficamos viciados, esperávamos o lançamento dos livros seguintes, discutíamos teorias… e aí minha irmã foi fazer um mochilão de férias e me trouxe essa pelúcia da Edwiges (a coruja de estimação do Harry Potter, para quem não sabe), coisa que na época era impossível de se encontrar por aqui. Os filmes ainda nem tinham sido lançados e lembro que fiquei de boca aberta quando ela me entregou. COMO ASSIM FIZERAM UMA PELÚCIA DA EDWIGES? COMO ASSIM EXISTE SOUVENIR DO LIVRO DO MENINO BRUXO?

Fiquei besta quando minha irmã disse que ao entrar na Harrods deu de cara com uma sessão grande só com coisas inspiradas no livro. Aqui no Brasil quase nenhuma amiga minha conhecia o menino bruxo e lá na terra ele já era rei! Hahaha.

A pelúcia é uma graça e não conheço ninguém que tenha uma igual. Minha irmã mesmo já procurou uma para ela e não encontrou mais, o que me leva a crer que seja raridade – afinal por quanto tempo fizeram souvenir do livro antes de terem os filmes para inspiração?

Nunca tive coragem nem de tirar a etiqueta dela (que já está um tanto rasgada, olha só), nem de lavar. Por isso ela tá meio cinza. Hahaha. São 15 anos tomando poeira em estantes, porque nunca tive coragem de deixá-la guardada dentro do armário. Não podia escolher outro objeto para representar minha série literária favorita. <3

O que é o projeto 52 objetos?
Em muitos anos no futuro alguém encontra uma caixa cheia de coisas que você possuiu e tenta descobrir que tipo de pessoa você era. Talvez essa caixa tenha fotografias, livros, documentos pessoais, roupas, talheres, bilhetes de shows ou até um pacote de chiclete. O que esses objetos diriam sobre você? Eles mostrariam um retrato fiel da sua vida? Qual história eles diriam?

A ideia original veio daqui e essa tradução da explicação é da Ana Paula. Você pode ver todos os outros objetos que escolhi aqui.

Clica aí, colega! #12

O primeiro post de links do amor do ano e já vai começar logo com clipe fofinho e música gostosinha! :D

Você tá na sua festa de casamento, entra uma galera e monta uma estrutura de palco, com uma cortina cobrindo tudo. A cortina cai e é o Maroon 5 tocando na sua festa. Maluco, né? Esse clipe tá fofo, tem toda a cara de não ser muita surpresa o lance deles aparecerem no meio da festa e mesmo assim a gente não liga porque a reação dos noivos é ótima. Não sou fã de Maroon 5 e basicamente só conhecia as músicas mais famosas deles, mas desde que assisti esse clipe viciei no último álbum deles. Já do Adam Levine eu gosto, assisto The Voice por causa dele e do Blake. Hahaha. Fora que o homem é lindo, né?

links-semana12a- A Lec me mostrou imagens divulgadas da edição totalmente ilustrada do primeiro livro de Harry Potter. Desculpa, tô meio morta até agora com a beleza e riqueza de detalhes. Já estou ansiosa pra ver isso com as mãos! Hahah. :D
– A postou ilustrações que misturam personagens Disney e o mundo de Harry Potter. Achei engraçadinho esse mix (apesar de achar a Branca de Neve um tanto bizarra).
– Você viu que o Zuckerberg resolveu fazer um “clube do livro”? Ele vai ler um livro por mês durante 2015 e abriu um grupo no Facebook para compartilhar o que está lendo e saber o que as outras pessoas que estão lendo a mesma coisa estão achando. O primeiro livro escolhido por ele esgotou na Amazon em pouquíssimo tempo, se essa ideia é uma ação de marketing foi muito certeira.
– Tem que fazer avatar, topo de página ou imagem para postar nas redes sociais e tá perdido sem saber em qual tamanho fazer? Esse infográfico é bem útil para você.
– Nunca entendo quando algum amigo diz que ainda não assina o Netflix. Aqui em casa usamos tanto o serviço que já cogitamos cancelar a TV a cabo. Aqui você pode pegar 5 dicas para aproveitar mais ainda esse serviço tão amado. <3

links-semana12b- Muitas vezes fico totalmente sem tempo pra nada e é totalmente por culpa minha. Sofro porque resolvo me dedicar à 80 coisas ao mesmo tempo, me comprometo com milhares de pessoas… e no final do dia tô morta, de saco cheio e com a sensação de que não fiz nada direito. Adorei esse texto da Bia com ótimos motivos pra gente desencanar dessa neura de ser multitasking e aproveitar mais para nos dedicarmos ao que realmente vale a pena.
– No mesmo pique do post de cima, a Debbie falou sobre o ritmo de trabalho dos berlinenses e o que aprendeu com isso. Lendo o texto me vi falando do porque estava saindo da agência em 2013 para levar um ritmo de vida em que o trabalho não dominasse minha vida 100% do tempo. Vale muito a leitura!
– Não canso de falar das sobrinhas aqui no blog e nem de quanto sempre quis ser tia, né? Esse texto resume bem o porque gosto de ser tia e a importância dessas quatro maluquinhas na minha vida.
– Adoro comprar sapato, odeio comprar roupa. Se for calça jeans então, esquece. Uso as minhas até elas rasgarem para só aí me render à tortura que é encontrar um jeans que fique pelo menos ok no meu corpo. Me identifiquei muito com essa modelo que foi a 10 lojas diferentes experimentar calças da mesma numeração. Meu maior sonho de consumidora é que um dia padronizem os tamanhos.
– Adoro ballet, acho a coisa mais linda. A Melissa é bailarina e indicou um perfil no Instagram cheio de fotos de tirar o fôlego.

links-semana12c- A Letz ensinou a enfeitar potinhos de um jeito super simples e fofo. Quero fazer isso em alguns que tenho aqui em casa.
– Não sou uma dona de casa muito boa, odeio fazer faxina e adorei essas dicas de como limpar bem certas coisas de um jeito prático.
– Dias antes do casamento o noivo desistiu. O que a noiva fez? Vestiu seu vestido branco, foi pra festa e se divertiu com os amigos e a família enquanto destruia o vestido com tinta. É isso aí, volta por cima! A festa já estava toda paga mesmo. Hehehe.
– Uma rede social focada em estimular as pessoas a ajudarem as outras. É bem legal, mas será que dá certo?
– Tá em São Paulo, quer hambúrguer e não sabe para onde ir? Essa lista com os melhores da cidade tá boa, embora eu não concorde com algumas posições. ;p