futebol

As melhores coisas de Agosto a Outubro de 2016

Pra quê resumo mensal, né? Juntei os últimos 3 meses, assim fica mais sussa de falar (e encontrar fotos, porque continuo com a mania de não fotografar mais nada nessa vida).

melhores-agosto16-a

Teve jogo de futebol feminino pelas Olimpíadas no Itaquerão e ó: AMEI. Adorei o estádio, adorei sentir um pouquinho do clima das Olimpíadas, adorei tudo. | Também teve festa de aniversário de uma tia avó super querida do Henrique. <3

melhores-agosto16-bHá tempos eu queria ir conhecer o ateliê da Primavera de 83 e realmente é a coisa mais linda. Eles fazem projetos muito legais, totalmente fora do padrão caretinha que a gente tá acostumada a ver quando o assunto é bordado. Não é porque é minha amiga, mas a Déa e o Thiago mandam bem demais. | Rafa, a filha mais velha da Ju completou 4 anos e a festinha estava super gostosa, como sempre. Saí de lá e fui direto para outro aniversário de criança, na hora de ir pra casa foi só deitar e sair rolando ladeira abaixo. Ô maravilha! :9

melhores-agosto16-c

Lec me emprestou a cópia dela de Harry Potter and the Cursed Child e, apesar de eu ter algumas críticas e não ter me empolgado tanto com a história, foi uma delícia voltar a ler algo inédito de HP. Sou besta, até emocionada eu fiquei quando comecei a leitura. Hahaha. | Tenho participado de poucas corridas e a Ayrton Senna Racing Day foi a última delas. Sempre quis correr no autódromo de Interlagos, foi uma experiência muito legal.

melhores-agosto16-d

Antes mesmo de encontrarmos nosso escritório já tínhamos vários quadros para ele, mas sentíamos falta de um na parede do café. O Henrique tirou essa foto em Dublin, no final do ano passado, e achamos que seria perfeita para o lugar, mas enrolamos meses para mandar imprimir e enquadrar. Criamos vergonha na cara e, em duas semanas, o quadro já tava no lugar dele. Adorei o resultado, achei que ficou super bonito. | O Henrique foi participar de um bate-papo na faculdade onde estudamos e aproveitamos para dar uma passeada pelo campus. No meu segundo ano de curso estagiei na agência de Comunicação de lá, exatamente onde ela continua até hoje. Deu saudade entrar de novo no prédio, foi um tempo tão divertido.

melhores-agosto16-e

Um casal de amigos queridíssimos acaba de ter sua primeira filha, a Julia. Fomos na maternidade conhecer a pequena, um anjinho. | Minha irmã, sobrinha e cunhado passaram 15 dias por aqui em outubro e consegui passar bastante tempo com eles. Fomos procurar vestido de noiva pra mim, passeamos, ficamos de bobeira.. foi muito gostoso, deu pra matar a saudade. <3

52 objetos: #9

52objetos-albumcopa

O quê: Álbum de figurinhas da Copa
Por quê: É um hobby e um assunto que gosto
Onde está: No maleiro do meu guarda-roupa
De onde veio: Da banca de jornal

Em 2006 eu fiquei viciada em colecionar álbuns de figurinhas. Na época eu chegava muito antes do meu horário na agência, porque ia para São Paulo de ônibus fretado e ficava bastante tempo sem ter o que fazer, enquanto esperava para entrar na agência. Aí passei na banca de jornal um dia e fiquei lá olhando tudo e encontrei um álbum bonitinho (não lembro se era da Hello Kitty ou da Turma da Mônica) e comprei. Aí descobri o Troca Figurinhas, vi que seria tranquilo completar aquele álbum e me empolguei. Cheguei a ter 10 álbuns em andamento ao mesmo tempo, mandava figurinhas por cartas todo santo dia.. uma loucura. Hahaha.

Aí veio a Copa e resolvi colecionar o álbum. Fui à encontro de troca em banca de jornal aqui em Santo André, troquei com amigos e pelo site. Completei rapidinho e foi o álbum mais gostoso de colecionar, já que todo mundo também colecionava e sempre tinha alguém com quem trocar figurinha pessoalmente.

Depois de um ano sendo a doida dos álbum tudo, desencanei. Cansei de ter que preencher tanto envelope, de gastar dinheiro com isso.. e dei embora todos meus álbuns completos. Só tive dó de dar o da Copa e resolvi que em todas as próximas Copas do Mundo eu iria colecionar os álbuns. E assim tem sido pelos últimos 12 anos.

Colecionar o álbum de figurinhas virou minha coisa favorita da Copa do Mundo e mesmo não estando por aqui na Copa do Brasil, completei o meu. <3

O que é o projeto 52 objetos?
Em muitos anos no futuro alguém encontra uma caixa cheia de coisas que você possuiu e tenta descobrir que tipo de pessoa você era. Talvez essa caixa tenha fotografias, livros, documentos pessoais, roupas, talheres, bilhetes de shows ou até um pacote de chiclete. O que esses objetos diriam sobre você? Eles mostrariam um retrato fiel da sua vida? Qual história eles diriam?

A ideia original veio daqui e essa tradução da explicação é da Ana Paula. Você pode ver todos os outros objetos que escolhi aqui.

Buenos Aires – La Boca e Caminito

A gente foi à pé, andamos toda a Calle Defensa (onde rola a feirinha de San Telmo) e continuamos descendo. La Boca é um bairro mais pobre (entramos em uma rua deserta sem querer, demos de cara com uns caras beeeem suspeitos que pararam de conversar para ficar encarando a gente. Foi o único momento mais “perigoso” da viagem, mas foi só dar meia volta e tudo bem) e você sente diferença olhando para o chão: bastante sujeira, cheio de xixi e cocô de cachorro pra tudo quanto é lado. Na verdade, tem muito cocô de cachorro pela cidade toda, mas ali tem mais.

buenos-caminito5

Estadio do Boca Junior – La Bombonera

Eu tava DOIDA para fazer esse tour guiado, mesmo lendo em vários lugares que seria um passeio dispensável. Adoro futebol e sempre quis conhecer um estádio tendo um guia contando curiosidades. Sou doida? Hahaha. Aqui em SP acho que nenhum estádio tem esse tipo de visita (pelo menos que eu saiba) e tô na torcida pra ter isso quando inaugurarem o estádio do meu Curintia. <3

A visita dura uns 40 minutinhos, o guia é mega simpático e rola até uma interaçãozinha quando ele explica sobre o barulho que a torcida faz atrás do gol adversário. É bem legal, principalmente pra quem gosta de futebol. Adorei entrar no vestiário onde o Corinthians se preparou pra vitória da Libertadores. Ha!

Foi uma das coisas que mais gostei de conhecer.

Achei que algumas partes do Museu (que você pode visitar, sem ter a visita guiada) são parecidas com outras do Museu do Futebol, aqui em SP.

buenos-boca1

buenos-boca2

buenos-boca3

Caminito

Posso falar? É bonitinho, coloridinho, sem gracinha, chatinho. Hahaha. Não tem muita coisa para fazer a não ser tirar fotos e andar pela rua super cheia e com vários restaurantes e lojas pega-turista. Tinha lido isso aqui e tenho que concordar.

Ficamos super pouco tempo por lá e eu teria achado um tempo perdido se não fosse tão perto da Bombonera. Foi o passeio mais bobinho de toda a viagem.

buenos-caminito1

buenos-caminito2

buenos-caminito3

buenos-caminito4