converse

#casórioamaralfernandes: os sapatos

Precisava ter um post só sobre meus sapatos? Não precisava, mas eu gostei tanto das duas escolhas que quis fazer um post separado só pra isso. #medeixa

Quando era mais noiva, achava que usaria uma saltão enorme no meu casamento. O tempo passou, a “veiaca” se instalou e, apesar de ainda achar lindo sapato com salto super alto, essa ideia nem passou pela minha cabeça quando comecei a olhar os sapatos pra casar. Hahaha. Queria conforto e um sapato que eu pudesse usar várias vezes depois. Um modelo branco nunca esteve nos meus planos, então foi mais fácil de filtrar as opções na hora de escolher.

Foto: Amanda Francelino

Como escolhi um vestido com estilo meio retrô, procurei sapatos também nesse estilo e me apaixonei por esse, da ZPZ Shoes. Acabou que decidi que era ele e tudo, mas, como tinha bastante tempo ainda para o casamento, resolvi esperar pra ver se ele entrava em promoção. Pois bem: entrou, eu esqueci de ficar de olho e acabou na loja virtual o modelo na cor que eu queria. NOOOO! Hahaha. Bem cabeçuda, né? Saí ligando para as lojas físicas da marca, encontrei em uma delas, paguei o frete e me enviaram pelos correios. Baita sorte, acabei pegando o sapato na cor que queria e com o preço da promoção. \o/

Foto: Amanda Francelino

Ele chegou, serviu certinho e eu adorei. Mesmo o salto dele sendo mediano, eu sabia que uma hora ele iria me incomodar. O que fiz? Isso mesmo: apelei pro máximo conforto e resolvi que iria usar um tênis para aproveitar a festa sem problemas. Como tinha economizado na compra do sapato “principal”, comprei um Converse que eu tava namorando há meses (até antes de resolvermos casar). Um Converse de couro metalizado rosé, bem noivinha fofa. Uso muito tênis no dia a dia, então imagina se esse tênis não virou meu uniforme logo depois do casamento, né? Já tá com biqueira super suja, meio riscadinho e tal. X)

Foto: Amanda Francelino
Foto: Amanda Francelino

Clica aí, colega! #20

Siiiiiim! Um post de links em plena sexta-feira. Fazia tempo que isso não acontecia, né? O último foi em junho! Desculpa aí.

Os links não estão muito atualizados, tem coisa que guardei aqui há semanas e eu sei bem que o risco de você já ter visto o link a essa altura é enorme, mas vai que não viu? Então tô linkando. :p

links-semana20a

– Sabe o que é frequência afetiva? Eu vivo sofrendo de culpa por não conseguir ver todos os amigos o quanto que gostaria e me identifiquei muito com esse texto do Eduardo Benesi.
– A gente sempre vê relatos de transgêneros, mas eu nunca tinha lido a história pela ótima de uma mãe. Vale a pena ler essa matéria da Época.
– Você usa absorventes internos? Então é seu DEVER ler essa matéria da Vice e prestar atenção à embalagem dos seus.
– A gente já viu vários livros e filmes sobre a vida dos presos homens no Brasil, mas faltava olhar um pouco mais de perto a vida das mulheres encarceiradas. Essa matéria da Galileu sobre o livro “Presos que menstruam” mostra o absurdo a que são submetidas as mulheres nas penitenciárias brasileiras.
– Como tia, eu tento sempre prestar atenção ao que falo para as sobrinhas. Adorei esse texto sobre o empoderamento infantil de meninas, do Lado M. Vale a pena todo mundo ler, para repensar alguns conceitos que passamos para as crianças sem nem ao menos entender o por quê.

links-semana20b

– Uma ação publicitária que mostra na prática como é a vida de uma mulher (que recebe, em média, 30% a menos que os homens ocupando os mesmos cargos de trabalho). A ação era bem simples: no restaurante todos os pratos pedidos por homens tiveram um acréscimo de 30%. Vale a pena ver o vídeo no post do Hypeness, as reações são interessantes. A ação provavelmente foi criada para tentar prêmio em Cannes e mesmo assim não perde o mérito. ;)
– O canal GNT ganhou nova identidade nas chamadas e aberturas de programas (linda, aliás) e, por ser totalmente baseada na tipografia exclusiva criada por um profissional argentino, levantou a questão: porque o Brasil não tem tradição em tipografia?
– iPhone é legal, né? Pois é, eu também não me vejo comprando nenhum outro celular. Só tem um detalhe: o seu está gravando nele horários e endereços de onde você vai todos os dias. Um tanto assustador, né? Fiquei sabendo disso nesse artigo da Esquire e lá mesmo aprendi a acabar com essa brincadeira.
Lec é uma mulher muito legal e fez uma lista de 5 regras para quem quer dividir apartamento. Ela escreveu para roomates, mas ó: algumas valem também para marido e mulher, irmãos, todo mundo.
– Vira e mexe alguém que sigo/conheço na internet tem filho e eu fico apaixonada pelo bebê. Clarice, a filha da Nanda, é minha paixonite do momento. Que menina mais linda! A Nanda tira fotos dela toda semana para acompanhar seu crescimento e fez um post bem legal explicando como fazer isso (tem até a dica de tutorial para aprender a colocar a arte com o número da semana no body).

links-semana20c

Lya foi responsável por um novo vício: George Ezra. Foi lendo esse post dela sobre o mocinho inglês que tudo começou.
– A Luiza deu dicas de como substituir a cabeceira da sua cama de forma barata e fácil. Achei a coisa mais linda essa “cabeceira” amarela aí de cima!
– A modernidade chegou ao tradicional Chuck Taylor All Star. A Nike (dona da marca desde 2003) resolveu fazer uma versão um pouco mais confortável do modelo. Visualmente não mudou muito, mas a empresa promete que o Chuck II será mais gostoso de ser usado por longos períodos. Fiquei bem curiosa, sou fã do modelo tradicional. Você pode ver a notícia inteira aqui no Gizmodo.
– Como viver sem um carregador portátil para o celular? Eu comprei um no camelô e me arrependi, quebrou rapidinho. Agora estou precisando urgentemente de um que preste e esse post da Bia com dicas para escolher um novo foi bem útil.
– Pronto, já tenho desculpa para voltar a Berlim: 10 lugares criativos e de graça na cidade. O único lugar dessa lista que consegui visitar foi a East Side Gallery, alguns outros estavam na minha lista e não rolaram e outros eu nunca tinha ouvido falar. Tô morta de vontade de pegar o primeiro avião e é tudo culpa do Follow the Colours.

E hoje também saiu um post que escrevi para o Mais 20 minutos, da Letz: como iniciar na corrida. Tem dicas bem básicas, mas que valem ser lembradas caso você esteja querendo começar a correr também. ;)

Tag: Louca por sapatos

Demorei, mas voltei com vídeo de tag! Hahaha. Gravei essa Tag 4 (QUA-TRO!) vezes e em nenhuma fiquei satisfeita. Uma hora tinha muito som vindo de fora, outra a luz não ficou boa.. e acabei me dando por vencida nesse vídeo, mesmo que tenha hora em que o sol bateu demais em mim. Acabou que no final já tinha cansado de responder e usei a primeira vez que gravei. Hahaha. Desculpa, tá?

Eu sempre fui maluca pra responder essa Tag, desde que assisti a Marina respondendo. Dois anos depois, cá estou eu respondendo ela!

Na afobação, esqueci de responder uma pergunta. Mas o vídeo ficou tão longo que nem fez falta. Hahaha. Socorro, preciso aprender a falar menos! :O