casamento

A louca do casamento

Sou apaixonada por festas de casamento. E não, não é porque ainda não casei ou porque estou planejando o meu (coisa que não estou, aliás). É porque acho que é uma das poucas festas que a gente pode fazer exatamente com a nossa cara, pensar em cada detalhe e deixar tudo único. Claro que a grande maioria vai pelo que é comum-sem-graça-bonitinho, mas acho o máximo quando os noivos resolvem inovar em algumas coisas (ou em tudo). Também não estou falando que não acho casamento tradicional lindo, porque acho SIM. Acho que tradição não faz mal à ninguém e que é uma coisa muito legal quando isso tem a cara dos noivos. Só acho sem graça gente que casa de branco porque tem que ser assim, tem noivinho de bolo de biscuit porque tá na moda, etc, etc.

Sou tão doida por casamentos que sempre sou a primeira a me oferecer à ajudar os amigos que vão casar, já tive blog sobre isso, assino feeds de vários outros sobre o assunto… mas andava bem cansada do tema. Meio enjoada, sabe? Até que hoje resolvi tirar o pó da sessão de blogs de casamento lá no GReader e fiquei encantada com tanta coisa que resolvi postar aqui um catadinho do que mais gostei.

Uma das coisas que mais gosto nos casamentos gringos são as fotos. Sempre ideia divertidas, os padrinhos entram na dança… fora os acessórios super bem bolados para deixar as fotos mais legais ainda. Sempre penso se a ideia de fazer eles vem dos noivos ou dos fotógrafos. Esse de bigodinho me lembrou muito a Raquel, aposto que ela e o Pedro vão fazer alguma foto assim no casório deles. ;)

Se tem uma coisa que AMO em decoração de casamento são as cores fortes, vibrantes. Acho muito mais interessante que decor branquinha ou só com uma cor pra quebrar o branco. Fora que usar objetos que normalmente não fariam parte da decoração de uma mesa é uma ótima sacada. E os noivinhos/passarinhos? Owwwwn!

Das coisas que acho lindo de morrer em uma noiva e não sei se eu seguraria: bota cowboy. L-I-N-D-O. E casaquinho, mas isso acho que eu seguraria numa boa. Hahaha. Mas o principal de todas essas noivas é aquilo que falei logo no começo do post: os detalhes. Casaquinho colorido, pérolas no decote, tecido com flores estampadas… tudo pra deixar o vestido mais com a cara da noiva.

Não resisti à essa foto das daminhas. E essa capela? OMG, coisa mais linda do mundo!

Sei que o post ficou gigante, mas é que agora que posso usar imagens grandonas nos posts me empolgo. Também me empolgo quando o assunto é esse, porque eu realmente adoro. Alguém aí acha chato?

Ah! Aceito sugestões de blogs bons sobre casamento. Essas imagens foram retiradas só de alguns que leio, mas sempre tem algum que a gente não conhece, né?

Fotos: The Wedding Chicks, 100 Layer Cake, Green Wedding Shoes, Casarei, Style me Pretty, Fernanda e Sharon e Ruffled.

Oi, tô noiva

Há uns dois anos enfiei na cabeça que pediria o namorado em casamento no nosso aniversário de 10 anos de namoro. Não importava muito o que acontecesse até lá, se ele já tivesse me pedido ou não. Eu iria pedir e ponto final.

A sorte toda é que ele não pediu, então pude fazer o pedido completo, com alianças e tudo. Aí encomendei as alianças do jeitinho que eu queria com um ourives e bonequinhos personalizados com o Tio .faso e montei uma caixa pra fazer o pedido. Não vou falar muito, dá pra entender como foi pelas fotos:

O resultado? Claro que ele aceitou, né? <3

Pra ser madrinha de casamento

AMO ser madrinha de casamento porque acho que não é à toa que alguém te escolhe pra esse papel. Sou madrinha de todos meus irmãos, de alguns amigos… sempre me emociono com o convite. Depois de pensar no presente, começa minha tortura (ê exagerada!): a escolha do vestido.

Se eu fosse magrinha, certeza que iria querer um igual à esse primeiro. O da Scarlett é lindo, adoro vestido com manguinhas. Esse roxo é bem bonito, mas o meu verde também é meio transpassado assim, queria algo mais diferente disso.

Em 2008 passei muito tempo procurando o vestido perfeito e encontrei. Tenho um verde e um dourado, mas já fui madrinha com os dois e dessa vez quero um diferente. Aí vem o grande problema: tenho peito grande, sou gordinha e não gosto de várias coisas comuns em vestidos de festa (veludo, bordados de canutilhos, tomara que caia, alcinha muito fina). É sempre difícil encontrar um que cubra decentemente meus peitos, que fique bonito e que seja simples. Sou chata, essa é a grande verdade.

Fora que acho que o preço cobrado por alguns vestidos é um abuso e me nego a gastar muito com isso. Também não tenho paciência pra ficar experimentando mil coisas. Hahaha. Chata? Magiiiiiina!

Esse primeiro é um luxo só, adoro cintinho. O segundo é meio vó, né? Mesmo assim gostei dele. Esse último é meu favorito, mas teria que ser em alguma cor que não o branco.

Resolvi que iria pesquisar modelos que gosto, que são diferentes e, se encontrar em alguma loja a um preço bom, ótimo. Se não, estou pensando sériamente em contratar uma costureira. Foi pesquisando modelos no Google que encontrei o Vestidos de Festa!, um blog recheado de – adivinha! – vestidos de festa. Gostei desses que ilustram o post. Agora é só gastar alguns sábados rodando lojas e ver se encontro algo parecido. Se não, lá vou eu procurar costureira boa. ;)