beleza

Eu usei: Hidracare Hidramat da Dérmage

dermage-hidramat

Ganhei esse hidratante em um evento da Dérmage em setembro e venho usando desde então. A ideia de um hidratante matificante para pele oleosa que também promete prevenir rugas me chamou a atenção.

Minha pele do rosto é bastante oleosa, principalmente na zona T e sempre quis alguma coisa que controlasse um pouco essa oleosidade. Por causa da alergia à maquiagem, não uso base ou pó, então geralmente saio de casa de cara limpa (no máximo passo um protetor solar, se estiver muito sol porque ele também faz meu rosto coçar), mas aparentemente o produto também pode ser usado como primer para quem se maquia.

Tenho passado o Hidramat todo dia após o banho, de manhã, em uma camada bem fininha. A pele não fica “peguenta” (ponto pra ele!) e a oleosidade diminuiu um bom tanto sim, o rosto fica com uma aparência um pouco mais sequinha. Inclusive, durante aqueles dias de calorão maluco que fez aqui SP. Claro que a oleosidade não sumiu totalmente, mas ajuda a dar uma boa controlada.

Também senti a pele um pouco mais hidratada e macia, mas sobre a ideia de que o produto ajuda a prevenir rugas não tenho muito o que falar. Pode ser porque não tenho muita ruga (ALELUIA!) ou ainda não deu tempo de sentir o efeito. ;)

dermage-hidramatb

E o melhor de tudo: não me deu alergia! Fazia tempo que vinha testando alguns hidratantes e todos me fizeram coçar o rosto. Tô adorando poder me cuidar um pouco mais. <3

Preço: R$69,00.

aviso-publi-gifts

Eu usei: Palmolive Neutrals Maciez Prolongada

palmolive-naturalsHá anos eu não usava produtos Palmolive e, tenho que admitir, tinha um pouco de preconceito com a marca. Não sou muito de comprar shampoo caro, então geralmente me resolvo com alguma marca vendida no mercado mesmo e, não sei por quê, nunca olhava direito os produtos da marca nas prateleiras. Até que um dia meu shampoo acabou, fui até o mercadinho perto de casa e queria algum shampoo diferente, já que o que eu tava usando (que nem lembro o que era) não estava deixando meu cabelo muito bonito. Vi esse na prateleira, era para o meu tipo de cabelo, não tinha sal, o preço era bom e eu levei. E viciei.

O cheirinho é uma delícia, bem suave e, desde que comecei a usar, acho meu cabelo mais brilhante e forte. Estou usando direto desde abril (salvo o tempo em que viajei, já que levei um outro menor) e tenho adorado. Meus cachos estão muito mais definidos, o cabelo está macio… me surpreendi totalmente.

Essa linha tem proteínas do leite, que hidratam as camadas superficiais do cabelo e permitem que a água e os nutrientes passem para as células do cabelo. Parece promessa que não se cumpre, mas comigo rolou uma hidratação muito boa mesmo.

Ano passado reclamei do corte com o meu cabeleireiro, dizendo que conforme o cabelo crescia, os cachos iam embora. Ele me perguntou qual shampoo eu estava usando e falei que era um próprio para cabelos cacheados e com volume. Aí veio a dica: muitos desses shampoos colocam um pouco de componentes de produtos para alisamento na fórmula, para os cachos ficarem controlados. Resultado: os cachos ficam tão controlados que vão embora. Desde então eu andava trocando de marcas todo mês para ver se acertava algum. Comprei esse não esperando muito, sabe? Acabou que o shampoo e o condicionador viraram meus queridinhos e, mesmo eu não cortando o cabelo há meses, os cachos continuam – no final meu cabeleireiro parecia estar certo. ;)

Preço:
Shampoo - R$5,50 em média
Condicionador - R$6,50 em média

Clica aí, colega! #2

Falei que não sabia se ia conseguir escolher links toda semana, mas nessa deu. Tem bastante coisa legal. :)

links-semana-2a

– A Gabi foi conhecer uma loja onde todos os produtos (e outras coisinhas) são feitos de feltro! Achei a ideia uma graça!

– Sou fã do blog do Ique e o post sobre sonhos (e amor) merece ser lido. E vale uma reflexão sobre o assunto, hein!

– Todo mundo é viciado em alguma série de TV. Eu sou, e não são poucas. Por isso mesmo achei genial a ideia desse bar temático na R. Augusta. Tô até pensando em largar a preguiça que tenho da região e ir conhecer.

– Quando eu era criança minha mãe tinha uma revista com modelos de bichinhos de crochê e eu sempre quis um. Ultimamente tenho visto vários para vender e babei nesse post da Zupi, que fala sobre a febre dos Amigurumi.

– Em tempos de #stopthebeautymadness, achei o “What’s Underneath” muito interessante. Nessa matéria da Gloss você fica sabendo um pouco mais.

links-semana-2b

– A Simone foi conferir a exposição “Made by… Feito por brasileiros”, que está rolando na Cidade Matarazzo e me deixou morrendo de vontade de ir.

– Sempre falo que Curtindo a vida adoidado é meu filme favorito desde criança e não resisti a deixar o link para essas fotos aqui. Mia toda suja! <3

– Falei essa semana sobre o Facebook da prefeitura de Curitiba e achei ótimo esse post da Bia sobre a linha turística da cidade. Usei o serviço quando fui para lá em 2008 e é realmente bem legal.

Esse texto da Fê Neute faz pensar: será que você realmente está feliz com a sua vida ou não está sabendo como vivê-la? Será que suas férias estão te enganando e você poderia ser tão feliz quanto é nelas enquanto leva a mesma vida de sempre?

– Adoro o filme Empire Records e gostei muito desse texto, com várias curiosidades de como o filme foi feito (desde o roteiro, até o lançamento nos cinemas e locadoras). Também é legal para saber que a molecada, pelo menos nos Estados Unidos, tá mesmo revivendo os anos 90 e virando fã das coisas da década.