aniversário

Feliz 7 anos, querido!

bolo-balao

Hoje esse blog completa 7 anos. Acho que provavelmente você nunca leu o primeiro post, então vem cá ler inteirinho:

Este blog não é necessariamente sobre minha vida, nem tem tema definido. É simplesmente sobre o que gosto. Moda, decoração, decoração e preparativos para festas, produtos de beleza, videogame, cinema. É sobre tudo aquilo que me faz pensar (ou não.).

Hahaha. Siiim, esse foi o enorme primeiro post do blog e olha, continua sendo verdadeiro. Esse blog é mesmo para falar sobre o que me dá na telha, sem restrição alguma.

Obrigada a você que lê, comenta e tá sempre sendo querido comigo por essa internet maluca. Agora, me conta: há quanto tempo você conhece o blog, hein? Fiquei curiosa. ;)

52 objetos: #26

52objetos0-festa

O quê: Decoração de festa
Por quê: Adoro festa. Duvida?
Onde está: Guardado para a próxima festa junina
De onde veio: De lojas diversas

Chega uma hora em que a gente perde a inspiração de listar objetos que tenham significado pra gente e aí o que eu fiz? Pedi pro Henrique listar alguns objetos que sempre que ele vê lembra de mim e o único que não estava na minha lista era justamente um que acho realmente a minha cara: decoração de festa!

Vocês sabem que amo festa, né? Não é a toa que mantive o Lindezas por tanto tempo e sempre sou marcada em fotos do tema por amigos… então nada mais justo do que ter uma decoraçãozinha de festa nessa caixa. E daí que se for uma das minhas festas favoritas do ano, melhor ainda. Se for de uma festa feita todinha por mim, no meu aniversário mês passado, melhor ainda.

O chapéu de palha e os tecidos estão guardados para o ano que vem. O cartaz eu joguei fora, porque só faço 31 uma vez na vida, né? Hahaha. Mas tenho o arquivo guardadinho aqui. :)

Já criei muita identidade visual de evento corporativo, mas o que gosto mesmo é de fazer as festas de gente querida. Aniversário, batizado… tudo é motivo para ter detalhes bonitinhos feitos com carinho, em casa mesmo. É super simples, dá para ficar barato e faz TODA a diferença. Sempre faço alguma coisa para as sobrinhas ou os filhos de amigos, adoro.

O que é o projeto 52 objetos?
Em muitos anos no futuro alguém encontra uma caixa cheia de coisas que você possuiu e tenta descobrir que tipo de pessoa você era. Talvez essa caixa tenha fotografias, livros, documentos pessoais, roupas, talheres, bilhetes de shows ou até um pacote de chiclete. O que esses objetos diriam sobre você? Eles mostrariam um retrato fiel da sua vida? Qual história eles diriam?

A ideia original veio daqui e essa tradução da explicação é da Ana Paula. Você pode ver todos os outros objetos que escolhi aqui.

Bem-vindo, 31!

Chegou o meu dia! :D

niver-30anos
Apagando as velinhas dos 30 anos, com a sobrinha. <3

Adoro fazer aniversário e sempre fico triste quando alguém me diz que não gosta. Poxa, é um dia tão gostoso! É uma delícia passar o dia recebendo carinho das pessoas queridas, abraços, beijos… e, em troca disso tudo, você só tem que adicionar mais um ano à sua idade.

Hoje completo 31 anos e estava pensando no que eu, muito mais nova, esperava que eu tivesse feito com essa idade. Aos 14 achava que aos 25 seria uma super adulta. Aos 25 imaginava que aos 30 estaria com tudo resolvido. A expectativa era basicamente essa: seria super bem-sucedida profissionalmente, com filho(s), casa própria, casada (com direito à festão enoooorme)…. e, de um jeito ou de outro, consegui quase tudo isso.

Não tive festona de casamento porque escolhi não gastar com isso quando tive a oportunidade, mas moro junto e essa é a parte que realmente importa em um casamento, né? A festa vem algum dia, não tenho pressa alguma. Já tive casa própria, mas resolvi que não era o que eu realmente queria, então lá se foram as chaves junto com as prestações que tanto me incomodavam. Profissionalmente consegui chegar a um estágio onde consigo regrar como, quando e com quem trabalho. Isso não tem preço e, por enquanto, está sendo bem satisfatório. E os filhos… bem, isso resolvi deixar para daqui a alguns anos. Não tenho pressa nenhuma.

O legal de envelhecer é isso, né? A gente aprende no meio do caminho que planos e desejos aparecem na nossa vida para serem mudados conforme nossa vontade. E que, acima de tudo, podemos ter vontades diferentes a cada momento, fazer o que bem entendemos da vida e que ninguém tem nada a ver com isso. Nada está tão decidido ou é tão concreto a ponto de nunca mais poder ser modificado. E esse é o grande aprendizado que tiro dessas três primeiras décadas vividas.

Estou super feliz completando 31 e não gostaria de estar em nenhum outro lugar ou com outras conquistas. Tenho muito o que correr atrás, mas tenho muito orgulho do que já passou. :)