diarinho

As 10 melhores coisas de dezembro de 2015

Como a Livs disse (e eu amei), dezembro é a sexta-feira do ano. E por aqui foi mesmo, um mês com mais gosto ainda de “o ano tá acabando”, já que encerrei o trabalho 15 dias antes do fim do mês para viajar de férias. Ô maravilha! <3

melhores-dez15-a

06/12/2015 – A última corrida do ano, na pipoca, aqui em Santo André. Adoro correr por aqui porque os amigos sempre vão junto, tenho a oportunidade de correr por lugares que conheço desde sempre… é muito bom. | 06/12/2015 – Lançamos o Acordei Disposta no Instagram! \o/ Já falei aqui o quão empolgada estou com esse projeto, né? :D

melhores-dez15-bb

11/12/2015 – A Déa, uma amiga super talentosa, especial e fodona que tenho, é dona da Primavera de 83. Lá, ela e o Thiago fazem trabalhos manuais LINDOOOOOOS, você tem que conhecer. Eles me deram o privilégio de montar o calendário 2016 da marca e deixar este ser o calendário que tradicionalmente dou para alguns familiares e amigos no final do ano. Todos os meses são ilustrados com bordados maravilhosos e, se você ficou curioso, pode ver tudo aqui. Ah, eles estão à venda, então se você curtir pode ter um também. ;) | 11/12/2015 – Último encontro do ano com essas que são minhas irmãs de outras mães. Foi uma noite tão engraçada e cheia de energia boa que até a garçonete saiu falando que a gente era demais. HAHAHA. #piadainterna

melhores-dez15-c

12/12/2015 – Princesa Lec completou 30 anos (parece? Claro que não, olha essa carinha de adolescente, Gzuz!) e fez uma festa temática do Harry Potter. Tudo lindo, mega pensado e muito bem executado pela família Thomaz (que deveria pensar em abrir uma empresa de organização de festas, aliás). A Ju também compareceu com a tropa toda, Rafa e Rebeca cada vez mais lindas. <3 | 13/12/2015 – Pequena Buda, aquela bebê pequenininha que vocês viram nascer completou 5 anos. CINCO. ANOS. Já tem janelinha nos dentes, tá super esperta e, se bobear, sabe mais coisas que eu.

melhores-dez15-d

14/12/2015 – FÉRIAAAAAS! Caramba, como eu estava ansiosa para viajar logo. Hahaha. Estávamos contando os dias aqui em casa para o embarque. | 16 a 18/12/2015 – Conhecer Dublin com o Lê e a Erica. somos padrinhos de casamento deles, dois amigos muito queridos que fazem uma falta enorme no nosso dia-a-dia. Fomos para a cidade somente para encontrá-los, ficamos só duas noite e mesmo assim conhecemos muita coisa por causa da disposição do Lê em nos mostrar tudo. Foi demais, ficamos doidos para voltarmos em breve.

melhores-dez15-e

20/12/2015 – O dia em que vi neve pela primeira vez na vida. Não estava nevando, mas fomos ao Monte Titlis e tinha neve. É muito louco ver pela primeira vez algo que sempre fez você pensar qual era a sensação, sabe? Pisei, peguei na mão, ajudei a montar boneco de neve… adorei! | 30/12/2015 – Coloquei só essa foto, mas vale para todo o período da minha viagem: ficar com a família é uma delícia. Matar a saudade, ficar o tempo todo grudado… essa foto representa bem como foram meus dias com a Becca, meu grudinho oficial. Hahaha. Foi uma delícia. <3

2015, 2016 e a pessoa que sempre acaba dando uma sumida

Oi!

ross-new-year

O ano-novo já começou tem 15 dias e eu, cara de pau que sou, não tinha aparecido por aqui ainda. Na real, dei uma boa sumida do blog desde os últimos meses de 2015, né? Eu sei. Sempre me prometo que não vou fazer mais isso, mas aí acabo não me programando e deixo a vida me engolir por um tempo e acaba não sobrando tempo para vir atualizar esse meu xodózinho aqui. Sempre que acontece isso fico com saudade de escrever aqui, de receber os comentários de vocês, de visitar outros blogs. Porque sim, antes de ficar sem escrever por aqui, acabo parando de ler outros blogs. Essa é outra coisa que sinto MUITA falta. Quero saber da vida de vocês, o que vocês andam lendo, assistindo, comprando, visitando… me sinto próxima de todos os autores de blogs que leio e, como tenho essa preferência pelos blogs diarinho, fico com saudade de saber as novidades da vida deles. Haha. #stalker

2015 foi um ano meio maluco. Passou voando, fiz muitas coisas (inclusive coisas que eu nem imaginava que faria um dia), encerrei ciclos, inicie um projeto em que acredito demais, trabalhei bastante, viajei (menos do que eu gostaria, é verdade, mas viajei), vi muito os amigos… Vou fazer um daqueles meus posts de retrospectiva, pode? Já passou da hora, tá proibido? Hehehe.

2016 começou tranquilo, sentindo frio na Áustria. Depois voltei para a Suíça, fiquei uns últimos dias com minha irmã, sobrinha e o cunhado e voltei pra casa. Tinha um monte de coisa pra organizar, voltei no pique e já saí marcando mil compromissos. Foram dias corridos, tentando botar o trabalho, a vida e a casa em ordem. Tive surpresas, como a máquina de lavar roupas que resolveu quebrar bem enquanto eu tinha um monte de roupa suja por aqui (tô esperando o técnico vir consertar hoje, OREMOS!). Tive encontros com amigos, com a família, com a minha cama (gente, quanto sono acumulei nessa viagem! Oloco!).

Só hoje consegui parar, sentar, ler e responder comentários aqui no blog. Pra hoje a tarde a ideia é botar em dia a leitura de outros blogs (pelo menos alguns) e ver tudo o que estou “devendo” por aqui. Tem projeto de objetos parado, desafio literário atrasado, alguns resenhas que escrevi e não foram ao ar porque não fotografei os livros… aos poucos vou voltando, eu juro. Tava morrendo de saudade daqui.

Quando a gente acorda disposta

Sabe quando você muda tanto que algumas coisas que são parte importante da sua vida também tem que mudar? Pois é, foi isso.

Há quase 3 anos eu fazia parte do Corre Mulherada e lá falava sobre minhas descobertas na corrida, aprendia com muita gente e comecei a gostar muito de me mexer. Só que eu sempre fui do time da corrida lenta, quase um trote e, sinceramente, uma hora a gente acaba cansando um pouco sobre falar sempre sobre a mesma coisa. Como eu não tinha a intenção de evoluir suuuper, começar a correr mega rápido e tudo mais, com o tempo fui cansando. Isso não aconteceu só comigo e aí, o jeito foi dizer tchau.

AD-nos
Eri, Ju e Eu, pagando mico na pracinha e tirando várias fotos. Hahaha.

Depois de conversar com as meninas e falar minha decisão, conversei com a Erica e a Ju Ferrer e percebemos que continuávamos querendo falar sobre todo o bem e a mudança que a corrida nos trouxe e ampliar o universo, falar mais sobre alimentação e nos desafiar a praticar e conhecer outros esportes. É muito importante mexer o corpo, mas tem que ser gostoso e divertido de se conquistar. Bem-estar só se conquista quando corpo e mente estão felizes, né? E é essa a proposta do Acordei Disposta.

acordei-disposta-logo

Desde domingo o Acordei Disposta está no Instagram, mas é hoje que ele realmente nasce: o blog já tem posts e já liberamos nosso primeiro vídeo no canal. Ai que frio na barriga! <3