diarinho

Eu tenho taaaaanto pra lhe falar…

Maaaaaaaaaaano do céu, tenho muita coisa pra contar aqui. Eu poderia fazer mais um post de catado das melhores coisas dos últimos meses (e vou fazer, é claro), responder meme, resenhar os últimos livros que li… mas no momento a única coisa que penso em compartilhar com vocês é que EU VOU CASAR. Siiiiiim, meus amigos. 15 anos de namoro, quase 6 anos depois de eu ter ficado noiva e 5 anos depois da gente morar junto – VAMOS CASAR. Assim, com caixa alta mesmo, com vestido de noiva, padrinhos, cerimônia bonita, tudo a que temos direito. Essa era uma vontade antiga e sempre deixamos pra depois por termos outras prioridades, mas agora a vontade bateu mais forte e já marcamos data, avisamos a família e os amigos, já até comprei meu vestido. E como não falar disso por aqui, né? Esse blog é mesmo um diarinho meu, não quero deixar de registrar por aqui todo o processo do casamento. <3

Foto: Thay Rabello
Foto: Thay Rabello

Encontrar um lugar que nos agradasse foi o mais difícil. Queríamos um lugar bonito, com árvores e cara de rústico, mas não queríamos uma chácara ou sítio porque tinha que ser de fácil acesso para nossos familiares mais velhos. Um salão padrão, como é bem mais comum aqui no ABC Paulista, estava fora dos planos. Também tinha que acomodar bem nossos convidados que, apesar de serem basicamente só a família e os amigos mais próximos, são um grupo até que grande. Não poderia ter muita pompa, a comida tinha que ser boa e o preço tinha que ser honesto. Não sei se vocês andaram cotando valores de festa ou casamento nos últimos anos, mas os preços andam malucos. MALUCOS. E eu, boa mão de vaca que sou, não estava topando pagar o que o pessoal andava orçando pra mim. Comigo e com o Henrique é menos aquela coisa de “ah, é nosso sonho casar” e mais “ok, se a gente economizar X reais aqui, podemos gastar em viagem”. Tipo isso. Hahaha. Queremos um casamento gostoso, bonito e a nossa cara, mas não queremos gastar só pra ter o celebrante da moda ou os docinhos que todo mundo diz que são maravilhosos (mas na verdade só são chiques mesmo).

Desde o ano passado eu andava procurando e entrando em contato com lugares que a gente gostava e até julho desse ano nada tinha nos agradado totalmente. Foi numa dessas que encontrei no Google um buffet que achamos legal, pedi orçamento e o valor nos agradou mais ainda. Fomos conhecer, gostamos mais ainda. Negociamos algumas coisas, fechamos em agosto e pronto, data marcada. A data era uma coisa bem importante pra gente, já que queríamos que fosse no dia do nosso aniversário de namoro (pra quê criar mais uma data pra ter que lembrar, né?). Desde então eu tô vivendo essa vida de planilhas, orçamentos, pesquisas, reuniões… te dizer que é cansativo e ocupa um tempo do caramba, mas é uma delícia. Toda a identidade visual está sendo feita por mim, então também botei a mão na massa pra fazer o save the date, os convites de padrinhos… nada muito elaborado, mas tudo bem bonitinho (cadê modéstia?). Tô tão feliz com essa parte que vai render post só sobre isso assim que eu entregar todos os convites de padrinhos. ;)

Fazia muito tempo que eu não pesquisava nada sobre casamento e as referências que eu tinha salvas aqui são de anos e anos e eu já nem achava que elas combinavam com a gente, então estava um pouco perdida. Minha sorte foi que a Dani também tá organizando o casamento dela e acabou me dando umas dicas, me falando de alguns eventos, me apresentando blogs novos e até em um grupo de noivas entrei por causa dela. Já consegui decidir, pesquisar e encontrar muita coisa através dessas dicas da Dani. <3

Além da Dani, a assessoria perfeita caiu no meu colo. Sério, ter encontrado a Carol e a Marô da Paper Heart só pode ter sido um presente do Deus do Casamento. Haha. Eu e o Henrique fomos em um evento realizado pelo Noiva Ansiosa e uma menina me chamou de canto, falando que lia o blog há anos e adorava. Conversa vai, conversa vem e a Carol diz que é assessora – justamente o tipo de serviço que eu estava procurando naquela semana! Marcamos reunião, adorei e fechamos. Além do casamento a parceria vai render outro evento, mas isso fica pra eu falar depois. Ha! :D

Enfim… é isso. Achei que esse post ia ser pequenininho, só pra eu contar mesmo sobre a novidade, mas me empolguei e falei muito. Ooops!

aviso-paperheart-0311

As melhores coisas de março a julho (!!!) de 2016

Desde junho sem post aqui. Desde março sem falar das coisas boas que aconteceram comigo nos últimos tempos. Desde sempre sem vergonha na cara de ficar muito tempo sem postar no bloguinho. Essa é a vida, né? Então vou fazer um catadão das coisas mais legais dos últimos 3 meses e a gente finge que fiz isso mês a mês e tá beleza. :D

melhore-marco-julho-2016-01

Março teve euzinha colocando os pés no Rio de Janeiro pela primeira vez na vida, indo a convite da Nike pelo Acordei Disposta. Êta cidade linda, quero voltar para turistar. Também teve comemoração de 15 anos de namoro. <3 <3

melhore-marco-julho-2016-02

Fizemos um treino com leitoras do Acordei Disposta em março, coisa que sempre é uma delícia de organizar. De lá pra cá rolaram algumas corridas, muito treino e uma decisão: fazer minha segunda meia maratona. Treinei, demorei um pouco pra ter o foco certo, encontrei uma treinadora que é puro amor e no último dia de julho fui lá e completei a prova, de um jeito muito mais tranquilo que imaginava ser possível. Fiz a maior parte da prova sozinha (minha treinadora me acompanhou nos últimos 4km) e me surpreendi: não tive que brigar comigo mesma para me concentrar e ainda baixei absurdamente meu tempo em relação à primeira meia maratona no ano passado. Foi uma experiência muito gostosa, com uma prova super organizada e com um percurso lindo. Vou falar mais sobre isso na semana que vem lá no Acordei Disposta, porque o assunto merece um vídeo sobre ele com toda a certeza. <3

melhore-marco-julho-2016-03

Depois de anos e anos querendo voltar ao Hopi Hari, lá fomos lá. Fiquei triste porque o parque está um tanto largado, vários brinquedos fechados, até a pintura dos prédios está velha… pena, adorava o parque. Estava tão ruinzinho que voltamos super cedo, mas deu pra matar um pouco a vontade de ir em um parque de diversões, risquei isso da minha lista de 101 coisas. Outra vontade que matei: ter cabelo colorido novamente. Há uns 10 anos eu tinha parte do cabelo pink (e antes disso violeta, vermelho, preto…) e tinha enjoado totalmente da coisa. Aí há uns dois anos fui querendo ter de novo, criando coragem para ter todo o trabalho que pintar o cabelo dá e pronto, lá fui eu ficar com parte do cabelo azul, feito pelo Henrique do Preppy Bar. Agora ele tá num tom de verde meio água, na maior parte do tempo bem clarinho porque não retoco tanto a cor, mas continuo adorando.

melhore-marco-julho-2016-04

E os amigos? Teve passeio na Liberdade com o encontro mais esperado desde meus tempos de melisseira, teve piscina de bolinhas, tardes de fofocas, jantares, almoços… teve muita gente com quem não tirei foto porque me envolvi tanto na conversa e no momento que esqueci de tirar foto. Foi muito bom. <3

melhore-marco-julho-2016-05

Aniversário também foi uma coisa que rolou pra caramba. Cecilia, Véia Nilze (minha avó), Estelinha, Mari e eu. Comi, bebi e cantei parabéns toda animada em todos. Adoro aniversário, mesmo quando não é o meu. :D

Tag: Descobrindo Novos Blogs

Simbora retomar o ritmo de posts com uma tag. :D

Adoro responder tags porque sempre acabo tendo que pensar em algo que geralmente não penso em falar por aqui, é um bom exercício. A Miche me indicou pra essa tag em abril (isso que tem outra tag indicada por ela de antes que ainda não respondi, desculpa!) e achei bem interessante: devo citar quem me indicou (a Michelli, vai lá visitar o blog dela!), responder as perguntas que ela fez e fazer novas perguntas para quem eu indicar. Fácil fácil. :)

As perguntas da Miche:

Auto retrato LINDO que a Miche fez.
Auto retrato LINDO que a Miche fez.

1. Qual livro você está lendo?
Passei um tempinho sem ler e no feriado de semana passada comecei Bling Ring, sobre aqueles adolescentes que invadiram e roubaram casas de celebridades nos Estados Unidos. O livro é até que interessante, estou no finalzinho já.

2. Qual música está tocando em loop no seu radinho?
Não tô viciada em nenhuma música, até abri o iTunes pra ver se tinha alguma muito tocada ultimamente e nada. Uma banda que a anos não ouvia e voltei a ouvir frequentemente é Natiruts.

3. Um canal do YouTube pra gente seguir (não vale o seu).
Um dos meus favoritos ultimamente é o Garagem de Unicórnio, da Karen Jonz – tetra campeã mundial de skate e conterrânea da Província. Me divirto assistindo os vídeos dela.

4. Mostra pra gente a foto mais bonita que você já tirou. Por que você considera ela a mais bonita?

henrique-titlis

Adoro essa foto do Henrique, que tirei em dezembro do ano passado, no Monte Titlis, na Suíça. Acho o visual lindo, as cores tão bonitas, o enquadramento e ainda me lembra a primeira vez que vi neve. <3

5. Um lugar que você gosta de ir comer.
Gosto muito de hamburguer e recentemente descobri uma hamburgueria sem frescura que faz um beeeem bom. Chama Criminal Burguer e fica na Vila Leopoldina, em São Paulo.

6. Conte pra gente a história de um dia que você achou gostoso de viver.

vevey-barco
No último passeio de barco do dia.

Era 18/06/2014, um dia depois do meu aniversário (que já tinha sido bem legal, aliás). Acordei na casa da minha irmã, tomei café e peguei o trem com o Henrique para passarmos o dia em Montreux. Descemos do trem e fomos andando por toda a cidade até o Castelo de Chillon. Durante a caminhada passamos por uma nuvem de insetos, derrubei meus óculos e até lascou a lente (hoje sempre dou risada quando lembro da cena). De lá pegamos um barco para Vevey, uma cidade próxima. O passeio de barco foi uma delícia, pegamos junto com uma turma super animada de idosos ciclistas, todos conversando e dando risada. Em Vevey tiramos foto com uma estátua do Charles Chaplin (que morou na cidade até sua morte), visitamos o museu da Nestlé (cheio de crianças e professores) e na volta resolvemos trocar o trem pelo barco novamente, em parte do percurso. Ficamos um tempo sentados na beira do rio esperando o horário de saída do barco, com um carrossel atrás de nós, um dia super calmo… foi uma delícia. O passeio de barco foi lindo e, como já era horário de saída do pessoal que tinha ido trabalhar, estava um pouco cheio. No caminho passamos por várias crianças em canoas tendo aula com um professor. Descemos acho que em Lucerna e corremos ladeira acima para não perdermos o trem que sairia em 5 minutos. Hahaha. Sentei no trem quase tendo um treco pelo esforço. Chegamos em casa, jantamos com minha irmã, cunhado e sobrinha e fomos dormir. Fim. <3

7. Qual foi sua paixão platônica de adolescente?

leo-john
Léo como Romeu e Uncle Jesses. <3

Não tive nenhuma paixão platônica arrasadora, mas achava Leonardo DiCaprio e o John Stamos (eterno Uncle Jesse) lindos! Hahaha.

8. Qual sua flor predileta?
Dama da noite, por causa do perfume. Adoro o cheiro, me lembra muito minha infância porque minha mãe tinha um pé no nosso quintal.

9. Qual seu conto de fadas preferido e por quê?
Nunca fui muito ligada em contos de fadas. Quando era pequena eu tinha uma coleção do Círculo do Livro só com contos adaptados com personagens da Disney, mas nunca fui muito fã. Acho que se tivesse que escolher um, ficaria com Os Três Porquinhos, só porque sempre achei legal a parte em que o Lobo destrói as casas. Hahaha.

10. Qual o último filme que você viu?
Pixels: O Filme. Achei bem engraçadinho, vi num domingo à noite enquanto bordava uma toalha no sofá de casa. :)

Agora, minhas perguntas:

01 – Qual seu dia favorito no ano? | 02 – Se você pudesse comer qualquer coisa agora mesmo, o que seria? | 03 – Qual a série mais legal do momento? | 04 – Hermione ou Katniss? | 05 – Escolha uma cor para vestir, uma para pintar o cabelo e uma para decorar o quarto. Por que você escolheu essas cores? | 06 – Qual aspecto da sua vida te traz mais felicidade? | 07 – Qual livro ou gibi marcou sua infância? Conta aí a história pra gente. | 08 – Você vai se casar amanhã. Qual vai ser sua música para ir até o altar? | 09 –  O que todo mundo gosta e você odeia? | 10 – Qual seria sua primeira compra ao ganhar milhões na loteria?

Pra quem indico? Gostaria de ver as respostas da Anne, da Livs, da Ju, da Nanda e da Lec. Mesmo que elas não respondam, fica aqui a indicação dos blogs delas, todos que adoro. :)