Clica aí, colega! #24

Mas que vergonha, né? Passei agosto inteiro postando todo dia, direitinho. Aí veio setembro e eu simplesmente não me organizei para continuar postando sempre. Ô desleixo! :/

links-semana-24a

– Ontem, assistindo ao Rock in Rio, fiquei revoltada com os manés apertando o peito das meninas que estavam sem camiseta. Caramba, que falta de respeito, que absurdo! Hoje restaurei um pouco a minha fé na humanidade ao ler esse texto no Judão, de um homem reclamando exatamente disso. Deixa a menina ser feliz e mostrar o peito, gente. Nada de achar que isso é um convite para apalpar o que quiser!
– A Franciellen não tem um plano e, como me identifiquei super com o texto dela, cheguei à conclusão de que provavelmente também não tenho um.
– A Gabius falou um pouco sobre essa chatice de todo mundo criticar todo mundo, em nome do “blog de raiz”. Gente, parem. Sim, tem coisa que incomoda ao ler um blog e sim, tem gente que perde a mão na coisa, então que tal simplesmente parar de ler e pronto? Vocês tem essa opção. ;)
– Tenho pesquisado um pouco sobre cuidados com cabelos cacheados e acabei parando nesse post da Denise, sobre a revolução que foi na vida dela ter parado de alisar o cabelo e aceitar sua real beleza. Delícia ler esse tipo de relato.
– Provavelmente você já ouviu falar da Mirian Bottan, famosa há anos e anos nessa internet. Aí que, ao ler esse texto dela sobre sua luta contra a bulimia, descobri um lado dela que não conhecia e, muito menos, suspeitava que existia. O alerta é importante e é bem legal ver como ela conseguiu encontrar um equilíbrio e se cuidar.

links-semana-24b– Eu sou muito desmemoriada e, ao ler essa lista da Zupi com as vantagens de ser desmemoriado, me identifiquei com praticamente tudo. Não que eu ache vantagem (só a parte de não guardar rancor é boa, admito), mas foi bom saber que não sou a única pessoa a ter tantos “sintomas”. Hahaha.
– Sabia que na República Dominicana existe uma aldeia onde já não é mais novidade uma criança que foi considerada do sexo feminino toda a vida passar a ter pênis e virar menino, naturalmente, quando chega à puberdade? Coisa doida, né. O Henrique que me passou esse link, achei a maior loucura da natureza! :O
– Falei pra vocês que assisti à todos os episódios de Narcos em menos de uma semana, né? Desde então tenho clicado em tudo quanto é link sobre o Pablo Escobar, de tanta curiosidade. Essas fotos na Casa Vogue mostram como está uma das mansões do traficante, abandonada há muitos anos.
– Uma ilustradora fez uma série de quadrinhos imaginando como seria o namoro dos pais de Harry Potter. Tá uma graça, morri de rir com alguns. <3
– Outro dia o Henrique estava me falando que anda com vontade de tomar um brunch bem caprichado e, magicamente, caí nessa lista do Chicken or Pasta, com 5 lugares para fazer a refeição aqui em SP. Tô salivando!

Comentários via Facebook

11 comentários

  1. Lívia em | Sempre vem aqui e já comentou 113 vezes. ;) Responder

    De todos os links o que mais me chamou atenção foi o das meninas tirando a camiseta no show. E, cara, foi escrito por um homem. Ainda tenho fé na humanidade depois de ler isso. Muito obrigada por compartilhar <3

    1. Ana Carolina em | Administrador/a do blog. Responder

      Também me deu mais fé na humanidade, Livs!

  2. Tatiana em | Sempre vem aqui e já comentou 14 vezes. ;) Responder

    Adorei os links e me interessei por alguns. Também adorei o texto sobre o das meninas tirando a camiseta no show. Muito bom!

  3. BA MORETTI em | Sempre vem aqui e já comentou 51 vezes. ;) Responder

    que lance louco esse das crianças que passam por esse troca de sexo, caramba.

    e esse lance da mina. why esses omis não conseguem ficar de boas e precisam se reafirmar all fucking time? curti o texto do rapaz, aliás

    1. Ana Carolina em | Administrador/a do blog. Responder

      SIM! Não tem como entender o cara achar que a menina estar com o peito de fora é um convite pra ele apalpar. QUE MUNDO É ESSE??

  4. Isa em | Sempre vem aqui e já comentou 25 vezes. ;) Responder

    GENT… esse texto do Judão e essa história das crianças que trocam de sexo… a gente tem muito o que pensar e mudar, né? cacete, que mundo maluco que a gente vive (e que bom que a gente pode mudar!).

    o link da Fran é só amor, eu também me identifiquei muito <3 e eu tô comprando uma passagem agora pra ir pra essa mansão do Pablo Escobar. AGORA. vai que eu encontro o Pedro Pascal, aí…

    1. Ana Carolina em | Administrador/a do blog. Responder

      Essa história das crianças que “trocam” de sexo me deixou :OOOOOO
      Natureza doida, né? O lado bom é que a aldeia toda age naturalmente e não tem preconceito.

  5. Chell em | Sempre vem aqui e já comentou 309 vezes. ;) Responder

    Quando me dei conta estava há 30 min lendo tirinhas de Lilian e Thiago Potter auhuhauahauhauaa

    1. Ana Carolina em | Administrador/a do blog. Responder

      Fiz exatamente a mesma coisa, Miche! Hahah

  6. Gabriela em | Sempre vem aqui e já comentou 25 vezes. ;) Responder

    Liinda, obrigada pela indicação ali ❤
    Esse texto Judão foi ma-ra-vi-lho-so!
    Adorei também essa lista da Zupi hahahahah Me identifiquei com MOITOS.

    bêjo Ana.

  7. Amanda em | Sempre vem aqui e já comentou 19 vezes. ;) Responder

    Valeu! Beijos!

Deixe o seu comentário