52 objetos: #31

52-objetos-30

O quê: Meu primeiro par de óculos
Por quê: Não consigo me imaginar sem usar óculos
Onde está: Guardado em uma caixinha, junto dos meus outros pares
De onde veio: De uma ótica que já até fechou, no Centro de Santo André

Você me imagina sem usar óculos? Pois é, nem eu. A coisa toda é que passei a vida toda querendo usar óculos, achava a coisa mais linda. E, claro, como todo mundo que ama óculos, eu nunca precise deles. Hahaha. Até que, no meu último ano de colégio, comecei a fazer cursinho para o vestibular à noite. Eu sentava mais pro fundo, como fiz minha vida toda, e passei seis meses sentindo um pouco de dificuldade para enxergar o que o professor escrevia na lousa. Mesmo assim, enrolei e foi só nas férias antes de começar a faculdade que procurei um oftalmologista. E aí, meus amigos, a glória: EU PRECISAVA DE ÓCULOOOOOOS! É TETRAAAA! Hahaha. Pode parecer loucura, mas fiquei mesmo feliz em usar óculos. Fiquei mais feliz ainda em perceber a melhora para enxergar ao colocar eles no rosto.

Eu sempre gostei de óculos que aparecessem bastante no rosto. Acho meio sem sentido usar óculos sem armação, muito pequenos ou discretos, sabe? Ninguém não vai perceber que você está com eles no rosto, então porque já não escolher um bem bonito e que se destaque, né? E foi por isso que, em janeiro de 2002, botei na cabeça que queria uma armação preta. Hoje tem óculos preto pra dar e vender, mas naquela época não era fácil. Procurei bastante tempo e acabei achando essa, que eu amei assim que experimentei, em uma ótica familiar onde meus pais sempre encomendavam os óculos deles.

eu-primeiro-oculos
Eu tava numa fase de só tirar foto mostrando a língua. Ahhhhh, a falta de noção dos 20 e pouquinhos anos. Hahahha. :p

Com esses óculos fiz a faculdade todinha. Só depois de formada que troquei de par e, por mais uns anos, só tinha um par de óculos por vez. Precisei esperar alguns anos para meu grau não mudar mais e aí sim pude me jogar e ter vários pares de uma vez, sem medo de ter que ficar trocando as lentes a cada seis meses.

Usar óculos é parte da minha personalidade, não é só uma coisa estética. Tinha que ter um na minha caixa. :)

O que é o projeto 52 objetos?
Em muitos anos no futuro alguém encontra uma caixa cheia de coisas que você possuiu e tenta descobrir que tipo de pessoa você era. Talvez essa caixa tenha fotografias, livros, documentos pessoais, roupas, talheres, bilhetes de shows ou até um pacote de chiclete. O que esses objetos diriam sobre você? Eles mostrariam um retrato fiel da sua vida? Qual história eles diriam?

A ideia original veio daqui e essa tradução da explicação é da Ana Paula. Você pode ver todos os outros objetos que escolhi aqui.

BEDA

Comentários via Facebook

10 comentários

  1. Leticia em | Já comentou 4 vezes. Eba! Responder

    eu também sempre tive um par por vez… não entendo pessoas que tem mais de um óculos oficial o.O
    Mas depois de uns anos usando encheu o saco e operei. Hoje em dia me sinto menos dependente porque né, era acordar e colocar o óculos.
    Bjs

    1. Ana Carolina em | Administrador/a do blog. Responder

      Hoje eu tenho vários pares, Leticia! Haahaha. Vou variando, conforme o ânimo do dia. :)

  2. Chell em | Sempre vem aqui e já comentou 309 vezes. ;) Responder

    Toda vez que compro um novo, tento comprar aqueles mais discretos, mas não rola! Eu não consigo usar óculos que não aparece, amoooo os de acetato colorido =D

    1. Ana Carolina em | Administrador/a do blog. Responder

      Eu tb, Miche! Sempre me apaixono pelos mais coloridões, maiores.. hahahahah. <3

  3. NAnda em | Sempre vem aqui e já comentou 122 vezes. ;) Responder

    EU sempre quis usar óculos tambem kkkkk Minha irmã usava e uma vez minha mãe comprou um sem grau pra mim de tanto eu insistir. Mas não uso. Graças a Deus, hoje em dia tenho PAVOR de oftalmologista. Não consigo colocar nada nos olhos. Trauma mesmo rs

    1. Ana Carolina em | Administrador/a do blog. Responder

      Hahahha. Eu era assim também, Nanda!
      Meus pais e um dos meus irmãos sempre usaram e eu era maluca pra usar. Ainda bem que continuei gostando depois de ter que usar. :)

  4. Lec em | Sempre vem aqui e já comentou 506 vezes. ;) Responder

    Já tentei usar, porque preciso apenas para ler, ver tv e ficar no computador – ou seja: SEMPRE.
    Mas não me adapto. Quem usa é minha cômoda.

    1. Ana Carolina em | Administrador/a do blog. Responder

      Tem que usar, menina Lec!

  5. Lívia em | Sempre vem aqui e já comentou 113 vezes. ;) Responder

    Taí: me arrependo de não ter guardado meus primeiros óculos =/ pelas minhas contas, estou no sexto ou sétimo par, uso desde os 12 anos e mesmo usando lente desde os 16 (uow, mais de dez anos!) tenho sempre que ter o óculos proque uma hora a vista cansa da lente, né? E nem faz bem ficar as 18h por dia que eu fico com elas XD
    O mundo muda quando colocamos o óculos pela primeira vez, né? Eu nunca quis usar meeeeesmo, mas devido aos meus problemas de visão, agradeço muito por ter essa alternativa. Inclusive falei sobre as dificuldades de ser (muito) míope em um post há algum tempinho: http://www.belivs.com.br/2015/04/um-ensaio-sobre-miopia.html
    Tbm penso como vc: se tenho que usar, por que raios vou querer esconder que uso óculos? Ainda mais hoje que tem opções incríveis no mercado.
    Beijo, Carô!
    (ooooops, olha o tamanho do comentário =P heh)

    1. Ana Carolina em | Administrador/a do blog. Responder

      Nossa, o mundo muda muito! E a diferença nas cores? Lembro que quando eu coloquei pela primeira vez (e ó que tinha uma grau bem baixinho), achei que tudo era muito mais vivo do que eu via antes. Hahaha.
      Meu cunhado tinha muito grau e operou, né. Aí a primeira vez que ele saiu à noite, estranhou como a luz ficava no poste, porque ele nunca tinha conseguido enxergar a lâmpada antes! Hahaha. :D
      Tô indo lá ler seu post. Aliás, tô indo lá ler todos os posts que não li desde que entrei nesse ritmo louco. <3

Deixe o seu comentário