Janeiro 2013

Um dia da semana – One Line a Day: 14/01/2013

Ainda não peguei o costume de fazer esses posts, esqueço de trazer os diários para o trabalho (já falei que em casa nem encosto no computador?) e por isso fiquei duas semanas atrasada. Ooooops!

Hoje é a estreia do One Line a Day por aqui, então não tem pergunta. É só exatamente o que escrevi no dia mesmo.

adeus-carolz

Dia típico, a não ser por uma coisa: troquei meu apelido na internet. ADEUS ANA_CAROLZ! Foram 17 anos assim. :O

Já falei por aqui que ODEIO ser chamada de Carol, né? Quando eu era criança, sempre me chamaram de Carô. Só quando comecei a ir para a escola que virei Ana. E nisso, pouquíssimas pessoas me chamaram de Carol a vida toda. Por isso não me reconheço por esse apelido. Sorry. :p

Agora sou @anacaroamaral tanto no Twitter quanto no Instagram. ;)

*Pergunta respondida no A Question a Day – 5 Year Journal, no dia 14/01/2013, uma segunda-feira.

Andei lendo: Morte Súbita | J.K. Rowling

MORTE_SUBITA_1354289730P

Não sabia muito bem o que esperar de um livro da J.K. que não fosse sobre o mundo de Harry Potter. Evitei ler resenhas e qualquer coisa relacionada ao livro, queria que fosse totalmente surpresa para mim.

Como resolvi que em 2013 ficarei sem comprar qualquer livro novamente (fiz isso em 2011, numa boa), ele foi o último comprado em 2012. Comecei o ano lendo ele porque não aguentava de curiosidade.

O livro conta a história da morte de Barry Fairbrother, um professor do colégio de Pagford e conselheiro da cidade, e como isso afeta a vida de boa parte da comunidade. Pagford é um município minúsculo, cheio de gente futriqueira (interior, né?) e a vaga deixada por Barry no Conselho da cidade causa alvoroço.

Para ser sincera, só achei que o livro engrena de verdade depois da metade. Demorei 20 dias para ler até ali e em 3 li o resto, porque queria saber qual seria o final. Alguns personagens me conquistaram (um beijo, Terry!) e outros eu queria que morressem. Hahaha.

Tem Bola e Andrew, os adolescentes amigos desde infância. A família Mollison, os super escrotos da cidade. A família destroçada pelo vício em heroína da mãe. A solteirona que sonha com uma relação que não existe. O pai de família que espanca todos dentro de casa. Os corruptos, os que tramam contra os outros, os fofoqueiros maldosos. Na real, poucos personagens são bons. Menos ainda são inocentes.

Foi estranho ler referências à sexo e palavrões e pensar que foi J.K. quem escreveu. Também achei algumas partes do livro tristes e o final, realmente pesado. Fiquei meio mal com o que acontece no final, sabe?

No geral, achei o livro bem mais ou menos.

Preço: R$22,90 no Submarino

A não compra de hoje: saias Kate Spade

Captura de tela 2013-01-22 às 18.39.42

Captura de tela 2013-01-22 às 18.39.49

Captura de tela 2013-01-22 às 18.39.58

Nem se eu estivesse comprando porque, né? Mais de R$700 em uma saia – NA PROMOÇÃO – não é pra mim. Nem se eu tivesse esse dinheiro sobrando. Hahaha.

Se for pra você, ó elas na loja: 01 02 03