Março 2011

A louca do casamento

Sou apaixonada por festas de casamento. E não, não é porque ainda não casei ou porque estou planejando o meu (coisa que não estou, aliás). É porque acho que é uma das poucas festas que a gente pode fazer exatamente com a nossa cara, pensar em cada detalhe e deixar tudo único. Claro que a grande maioria vai pelo que é comum-sem-graça-bonitinho, mas acho o máximo quando os noivos resolvem inovar em algumas coisas (ou em tudo). Também não estou falando que não acho casamento tradicional lindo, porque acho SIM. Acho que tradição não faz mal à ninguém e que é uma coisa muito legal quando isso tem a cara dos noivos. Só acho sem graça gente que casa de branco porque tem que ser assim, tem noivinho de bolo de biscuit porque tá na moda, etc, etc.

Sou tão doida por casamentos que sempre sou a primeira a me oferecer à ajudar os amigos que vão casar, já tive blog sobre isso, assino feeds de vários outros sobre o assunto… mas andava bem cansada do tema. Meio enjoada, sabe? Até que hoje resolvi tirar o pó da sessão de blogs de casamento lá no GReader e fiquei encantada com tanta coisa que resolvi postar aqui um catadinho do que mais gostei.

Uma das coisas que mais gosto nos casamentos gringos são as fotos. Sempre ideia divertidas, os padrinhos entram na dança… fora os acessórios super bem bolados para deixar as fotos mais legais ainda. Sempre penso se a ideia de fazer eles vem dos noivos ou dos fotógrafos. Esse de bigodinho me lembrou muito a Raquel, aposto que ela e o Pedro vão fazer alguma foto assim no casório deles. ;)

Se tem uma coisa que AMO em decoração de casamento são as cores fortes, vibrantes. Acho muito mais interessante que decor branquinha ou só com uma cor pra quebrar o branco. Fora que usar objetos que normalmente não fariam parte da decoração de uma mesa é uma ótima sacada. E os noivinhos/passarinhos? Owwwwn!

Das coisas que acho lindo de morrer em uma noiva e não sei se eu seguraria: bota cowboy. L-I-N-D-O. E casaquinho, mas isso acho que eu seguraria numa boa. Hahaha. Mas o principal de todas essas noivas é aquilo que falei logo no começo do post: os detalhes. Casaquinho colorido, pérolas no decote, tecido com flores estampadas… tudo pra deixar o vestido mais com a cara da noiva.

Não resisti à essa foto das daminhas. E essa capela? OMG, coisa mais linda do mundo!

Sei que o post ficou gigante, mas é que agora que posso usar imagens grandonas nos posts me empolgo. Também me empolgo quando o assunto é esse, porque eu realmente adoro. Alguém aí acha chato?

Ah! Aceito sugestões de blogs bons sobre casamento. Essas imagens foram retiradas só de alguns que leio, mas sempre tem algum que a gente não conhece, né?

Fotos: The Wedding Chicks, 100 Layer Cake, Green Wedding Shoes, Casarei, Style me Pretty, Fernanda e Sharon e Ruffled.

Andei lendo: Marilyn Monroe – O mito | Bert Stern

Adoro Marilyn Monroe. Não só ela como ElvisJames Dean e o bom e velho Frank Sinatra também. E sim, reconheço que tanto Marilyn, quanto Elvis e o moço Dean não eram lá nenhuma maravilha toda como atores (só não me venha falar mal da música do Elvis!).

Quando vi esse livro em promoção, não resisti. Ele foi feito a partir de uma exposição que aconteceu aqui no Brasil, com as fotos das últimas sessões que a Marilyn fez, em 1962. Bert Stern não tinha um motivo concreto para fazer as sessões, mas entrou em contato com a Vogue e conseguiu que eles “encomendassem” as fotos. Assim, ele tinha toda a desculpa do mundo para se enfiar em um quarto de hotel com a diva e tentar convencê-la a fotografar nua, usando somente alguns lenços e acessórios.

O cara era bom de lábia e convenceu a mulher a tirar a roupa. Tudo bem que primeiro só a parte de cima, mas depois ela liberou geral. O legal das sessões é que pela primeira e única vez dá para ver a cicatriz de uma cirurgia no apêndice que Marilyn tinha feito havia pouco tempo.

As fotos são lindas, mas no geral o livro é um tanto triste. Pensar que ela tirou as fotos para uma matéria que sairia na revista no mês seguinte e, com a sua morte duas semanas depois das sessões, ilustraram a matéria em homenagem póstuma à ela.

É legal ver como o fotógrafo se lembra dos acontecimentos, como ele não tem pudor em dizer que desejou “abusar” um pouquinho da intimidade da sessão para tirar uma casquinha da loira e ela não quis. Ele relembra tantos detalhes que dá para imaginar tudo direitinho.

Separei algumas das minhas fotos favoritas para vocês verem:

A sequência de fotos dela com esse vestido preto é de tirar o fôlego. Tão linda e delicada.. se um dia eu conseguir ficar 10% parecida com ela nessas fotos, fico feliz.

Você pode ver o ensaio completo aqui.

Project 365: #079 a #085

#079 – 21/03/2011

O ovo de páscoa do Bob Esponja foi minha melhor aquisição na páscoa passada. Sempre fico feliz pra essa “caneca” dele na minha mesa aqui na agência.

.

#080 – 22/03/2011


Cuidado com os bichinhos que moram na grama! :p
Adoro bonequeinho bobblehead e fiquei doida quando vi esse do Fred. Tão feio que é até bonito. Hehehhe

.

#081 – 23/03/2011

Fiquei umas duas semanas sem fazer ou pintar as unhas, andava morrendo de preguiça… aí vi esses dois esmaltes, gostei das cores e comprei. Pena que esse prata da Risqué é um tanto sem graça.

.

#082 – 24/03/2011

Pequena buda te despreza. :p

.

#083 – 25/03/2011

Jantarzinho de sexta com o namorado pra começar bem o final de semana. :D

.

#084 – 26/03/2011

Ano passado coloquei um relógio que troca pulseiras na minha wishlist de aniversário e até hoje não tinha comprado. Aí quando vi essa edição especial feita pelo Reinaldo Lourenço nos pulsos da Thaina durante o SPFW, fiquei doida querendo um. Semana passada achei ele com um desconto bom, sem frete e mandei ver. Chegou super rapidinho é tô apaixonada. É uma graça!

.

#085 – 27/03/2011

O domingo foi agitado, mas no final do dia lá estava meu cachorro todo cheiroso, de banho tomado, me fazendo companhia. <3