outubro 2010

Top 5 – Propagandas infantis dos anos 90

Quase nunca falo de publicidade por aqui e tem um motivo bem simples: passo 10 horas por dias criando e vendo mil referências, então aqui no blog quero sempre falar de outras coisas. Mas eu tinha que fazer um Top 5 das propagandas que eu gostava quando criança, já que foi isso que me fez ter vontade de trabalhar em agência (desbancando a vontade de ser professora de pré e caixa do Mc Donalds).

Já aviso que esse não é um Top 5 sobre “melhores comerciais e campanhas” e sim sobre os que estão aqui, guardadinhos na minha memória afetiva.

5 -Cotonetes Johnson & Johnson: Banho

Adorava os bonequinhos azuis. :)

.

4 – Poupança Bamerindus: todas

Pois é, eu era mega fã da campanha da poupança Bamerindus. Cantava junto, adorava ver cada nova versão da musiquinha… Talvez por isso eu simpatize tanto com o meu banco, já que o Bamerindus virou Real (em partes). Teve também aquele com o casal de velhinhos, da vitroooooola. Lembra?

.

3 – Parmalat: Mamíferos

Eu tinha TODOS os bichinhos de pelúcia. Aliás, todo mundo tinha pelo menos um deles, né? Virou febre total!

.

2 -Tesoura Disney: Eu tenho, você não tem

Traumatizou muitas crianças, né? Eu não porque eu tinha a minha, da Minnie. <3

.

1 – Sparkies: As paredes tem ouvidos

Eu era a maluca das Sparkies quando era pequena. Todo dia quando meu pai ia para a padaria comprar cigarro pedia pra ele trazer. Passei anos órfã da bala até me tocar que Skittles é praticamente igual.

Andei lendo: O último Olimpiano – 5º livro da série Percy Jackson | Rick Riordan

Antes de mais nada, já aviso: se você não leu o livro e pretende ler, não continue lendo o post. Não vou aguentar e vou comentar o final e o que acontece com os personagens, ou seja: vai rolar muito spoiler. :p

Já falei mil vezes por aqui que sou fãzoca do Percy, né? Pré-adolescente ele já era todo espertinho/engraçadinho/fofo e virou um adolescente bem legal. Não rolou aquele clichê de adolescente revoltado de mau com o mundo que normalmente rola. Ele continuo super de bem com a família, engraçadinho… Tá, vou parar. hahaha.

O livro começa mostrando que Percy continua super dividido entre o que sente pela Annabeth e pela Rachel, mas dando a entender que ele anda passando muito mais tempo com a mortal (vai até passear de carro pela orla com a menina, rola beijinho de despedida e tudo). Essa parte mais “romântica” do livro tem bastante destaque, mas nada que tire o foco do principal: a guerra entre Cronos e os Olimpianos.

Torci MUITO para que o Grover virasse Pã e, de certa forma, a torcida valeu. Adorei ver que ele virou um sátiro poderoso (coisa que ele já tinha demonstrado no livro anterior). Também fiquei bastante feliz por Tyson ter se encontrado como líder do exército do mar, é um personagem super carismático e a gente torce pra caramba pra ele ter um final feliz.

Quanto à Percy se banhar no Estige e se tornar imbatível, achei uma sacada ótima. Foi ótimo também como o autor fez com que ele acabasse resolvendo de quem realmente gostava: Rachel está predestinada para ser o novo Oráculo, logo não poderia (e nem queria) nada com Percy. Não que o menino já não estivesse meio que decidido a ficar com a Annabeth (depois de tantas batalhas ao lado dela, ele já tinha percebido que era dela que ele realmente gostava), mas isso foi mais um empurrãozinho.

O final, com os Olimpianos recompensando todo mundo pelos feitos e dando a oportunidade de Percy virar imortal é um pouquinho previsível (é claro que ele nunca ia aceitar a oferta, por conta de Annabeth), mas no geral o livro fechou bem a saga.

Teoricamente esse é o último livro do personagem, mas acho que o autor ainda pode escrever mais livros, já que esse último volume encerrou uma profecia e outra apareceu. Vou ficar na torcida.

Discórdia

O Tamosauskas é um amigo muito querido e está à frente do Discordia.com.br, um site de disputa de beleza, que é seu projeto de pós graduação. Agora você faz a mesma pergunta que fiz pra ele: como assim?

No Discordia.com.br você faz um perfil, coloca uma foto em que você esteja bem bonita e participa de votações em que você e outra mulher disputam quem é a mais bela. A mais votada do trimestre ganha o tratamento de beleza que escolher ou uma estadia em um dos 60 estabelecimentos parceiros do projeto.

Assim, fácil, simples e só depende da sua divulgação, já que você pode mandar o link da sua página para seus amigos votarem diretamente. Legal, né? Se você se interessou é só ir até lá e se cadastrar.