Maio 2010

Andei lendo: Formaturas Infernais | Várias autoras

Pra ser bem sincera, não sei bem até hoje porque comprei esse livro. Só tinha lido reviews ruins sobre ele, não sou fã da Setephenie Meyer (mas gosto muito da Meg Cabot), nem conhecia as outras autoras. Mas tava em promoção, não resisti.
O livro tem 5 contos de terror que, de algum jeito, têm um baile de formatura como pano de fundo.
A filha da exterminadora é o primeiro conto, escrito pela Meg Cabot. É a história de uma menina caça-vampiros que tem que matar o vampiro que “enfeitiçou” sua melhor amiga e que, por acaso, é filho do vampirão chefe que transformou a mãe dela em vampira. Uma coisa meio Buffy, mas gostei, achei divertidinho.
O segundo conto é O buquê, da Lauren Myracle: três adolescentes vão à uma cartomante para saber se o menino do grupo vai convidar uma das meninas para o baile de formatura. A cartomante acaba dando um buquê amaldiçoado para essa menina e ta-da: ela faz cagada. Hahahha. Não vou falar o que acontece porque acaba a graça. Achei meio previsível, mas é o conto que mais dá medinho (bem pouco).
Kim Harrison escreveu Madison Avery e a Morte, um conto que se arrasta eternamente. Muito chato, história chata, personagens chatos. E ainda acaba sem ter fim, sabe? O pior do livro, com certeza.
O próximo é Salada mista, de Michele Jaffe. Desse eu gostei: uma menina com super poderes que ajuda uma outra menina também com poderes a escapar de sequestradores. Goste porque a Miranda (a personagem principal) é meio neurótica, acabei rindo de algumas coisas que ela pensa.
Para fechar o livro vem Inferno na Terra, da Stephenie Meyer e é bem a cara da autora: a história de dois personagens de mundos diferentes que no final ficam juntos. Sinceramente, não esperava outra coisa dela. haha

Achei o livro tão fraquinho que antes mesmo de terminar de lê-lo já tinha colocado para troca no Trocando Livros. Dei sorte, já solicitaram ele e à essa altura ele já deve estar chegando às mãos da nova dona. :)

Eu usei: unhas postiças cromadas da Fing’rs

No começo de março fui com a Déa na Hair Brasil, à convite da Fing’rs. Chegando lá nós conversamos com outras blogueiras, fomos super bem recebidas pelas queridas da Fing’rs… e pudemos experimentar unhas postiças.

Como eu sou super chorona, fiquei o tempo todo implorando pra eles trazerem para o Brasil os adesivos cromados pras unhas, que eu morro pra usar. O presidente da Fing’rs aqui no país ouviu meu pedido e falou “Tenho unhas cromadas no carro, que ainda nem sabemos se vamos lançar ou não. Topa experimentar?“. Se eu topo? Claaaro, amigo. Mandaê!

Eu endoideci quando vi as unhas: LINDAASSS! Olha a belezinha:

Garras poderozíssimas!

Como nunca tinha usado unhas postiças, tava morrendo de medo de sair, desgrudar, arruinar minha unha, etc. Logo que coloquei senti uma pressãozinha, mas 15 minutos depois já estava totalmente acostumada.

Usei as unhas por uma semana e não tomei nenhum cuidado especial: continuei lavando louça, digitando, etc, etc. No final da semana a unha ainda estava super colada, mas a cobertura cromada dela já estava bem lascadinha:

Ai que dó que me deu quando ficou assim. :(

Usei o Give me Five pra tirá-las e deu super certo, a não ser pela louca aqui usar metade da acetona que é recomendada para tirar as unhas, então fiquei com um pouco de cola nas unhas por um tempo ainda.

Sem unhas cromadas, só com as minhas normais mesmo. Tão sem graça…

Adorei a experiência: todo mundo comentava das minhas unhas e eu não conseguia parar de olhar pra elas (tão lindas!). Pena que a Fing’rs não sabe mesmo se lança ou não o produto no país. Deviam lançar, eu ia adorar ter quando quisesse essas unhas cromadonas! :D

Andei lendo: Masquerade e Revelations – 2º e 3º livros da série Blue Bloods | Melissa De La Cruz

Oi, meu nome é Ana Carolina e talvez você não se lembre de mim, mas sou a dona deste blog. :p

Muito tempo sem postar, né? Mas agora já tá tudo em ordem e não vou mais ficar tanto tempo longe. :)

Pra começar tenho que atualizar minha lista de posts de leitura, li bastante e postei pouco sobre isso nos últimos tempos. Por isso mesmo esse post será duplo, dando continuidade ao último post que fiz sobre livrost: a série Blue Bloods.

Masquerade

Esse é o segundo livro da série. Agora que Schuyler já sabe que é uma Blue Blood e que Oliver (seu melhor amigo) não é vampiro mas sabe tudo sobre a história deles já que vem de uma família de humanos que servem os vampiros há séculos, ela fica super dividida entre o amor que sente por ele e por Jack, o vampiro lindo e que dá bola pra ela às vezes.

No primeiro livro a avó de Schuyler morre depois do que parece ser uma ataque de Silver Bloods, os vampiros que sugam o sangue de outros vampiros para ficarem mais poderosos. Como a avó era a única parente viva e lhe falou sobre o avô (que estava escondido há anos), ela resolve procurar por ele.

Com Oliver ela vai para a Itália, acaba encontrando o avô e o convence a voltar para tentar eliminar de vez os Silver Bloods. Com Jack ela continua sendo ignorada a maior parte do tempo.

Schuyler segue totalmente a regra de que a mocinha é sempre a mais tapada. haha. Morro de ódio, fico torcendo pra ela ficar logo com o Oliver e ela não fica. Bleh.

O livro poderia se resumido em algumas páginas, é mais uma enrolaçãozinha para o próximo. Mas é gostosinho de ler. :)

Revelations

Se achei que Masquerade tinha um pouco de enrolação demais, Revelations ganha de longe. O livro fica legal somente no final, quando há mais ação.

A Schuyler já estava toda confusa entre escolher Oliver ou Jack, mas nesse livro ela piora tudo ainda mais: depois que o pai de Jack consegue a guarda dela e ela passa a morar com ele e Mimi (sua irmão mala), ela passa a se encontrar escondido com ele e vive um romance perfeito, no apartamento que eles mantém somente para isso. Fora de lá, Jack continua fingindo que não fala com ela e ela continua dando corda para o tadinho do Oliver, que acredita que ela o ama, já que ele é seu humano familiar, aquele de quem ela se alimenta.

A parte final tem bastante ação e se passa aqui no Brasil, no Rio de Janeiro (sempre lá, né? haha). Não vou contar o que é porque já dei MUITO spoiler da série, tá na hora de calar a boca, né? :X

Agora só me falta ler os dois últimos livros. Tô cuirosa pra saber como tudo termina.

.

.